Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Técnico do Santos teme desgaste do elenco e cita lesão de Montillo

Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Claudinei Oliveira está preocupado com a sequência de partidas que o Santos terá em setembro. Depois de ter perdido o argentino Montillo por lesão, o treinador tem o receio de que a sequência no Campeonato Brasileiro gere mais problemas físicos ao Peixe.

“Está complicado. Quando o jogo do Santos contra o Náutico não aconteceu, alegaram que haveria um desequilíbrio técnico na tabela. Mas, agora, teremos uma série com duas partidas fora, uma em casa e mais duas fora. Isso sim é um desequilíbrio técnico, é inconcebível. Falo agora porque ganhamos e para não parecer desculpa”, afirmou.

Depois do jogo deste sábado, contra o Fluminense, no Maracanã, o Peixe atuará novamente como visitante na noite de quarta-feira, diante do Atlético-PR, na Vila Capanema, em Curitiba. Em seguida, o Peixe enfrentará Goiás (dia 7, na Vila Belmiro), Internacional (dia 10, em Novo Hamburgo) e Flamengo (dia 12, fora de casa, mas em local ainda indefinido).

“Se tivermos uma pontuação boa, podemos revezar nas posições em que temos mais jogadores. O Montillo estourou por causa da sequência de jogos. Perdemos a estrela do time, que vinha se destacando. Isso é ruim para o Santos e para o torcedor que vai ao campo”, lamentou.

O armador sofreu um edema na coxa esquerda na quarta-feira, na derrota para o Grêmio, pela Copa do Brasil, e desfalcou o Santos no triunfo sobre o Fluminense.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade