Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Thiago Ribeiro minimiza retrospecto e mira vitória sobre ex-rival

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Com boa passagem pelo Cruzeiro, o atacante Thiago Ribeiro terá um ‘velho conhecido’ pela frente, quando entrar em campo pelo Santos diante do Atlético-MG, neste domingo, a partir das 18h30 (de Brasília), no Independência. O avante destacou ter um bom retrospecto contra o Galo, mas lembrou que, no futebol, isso não é garantia de um bom resultado, dentro de campo.

“Joguei três anos no Cruzeiro e, é claro, quando você joga bastante tempo em um clube, cria uma identificação. Isso é natural. O Atlético-MG é um grande rival do Cruzeiro e, durante esses anos em que eu estive lá, o meu retrospecto foi muito bom. Pelo Cruzeiro, fui bicampeão mineiro, justamente em cima do Atlético. Mas retrospecto não entra em campo“, afirmou Thiago Ribeiro, prevendo um duelo complicado para a sua equipe, contra o atual vencedor da Copa Libertadores da América.

“O que fiz pelo Cruzeiro foi importante, mas hoje defendo o Santos e preciso ajudar o time a buscar o nosso objetivo, que é o G-4. Temos condições de jogar de igual para igual com o Atlético-MG, mas vai ser uma partida muito difícil, principalmente sabendo do desempenho que eles possuem atuando dentro de casa”, comentou.

Thiago Ribeiro ressaltou que, com o empate diante do lanterna Náutico, na última quarta-feira, na Vila Belmiro, uma vitória sobre o Atlético-MG seria fundamental para as pretensões santistas dentro do Brasileirão. O Peixe está em sexto lugar, com 33 pontos, seis atrás do Grêmio, quarto colocado.

“Não podemos pensar que o empate é bom. Se almejamos o G-4, temos que vencer, pois deixamos escapar pontos importantes contra o Náutico. Temos que ir para Belo Horizonte com a mentalidade de fazer um jogo inteligente, para vencer a partida. A vitória seria muito boa para a nossa sequência na competição”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade