Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Venda de Rodriguinho para o El Jaish, do Catar, pode ser cancelada

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

A negociação do armador Rodriguinho para o El Jaish, do Catar pode ser cancelada, isso porque, o jogador ainda não obteve o visto de trabalho para no oriente médio, por isso, segue treinando em separado no Coelho. O grande problema é a data de fechamento da janela de transferências para o Catar, que termina no próximo dia 30.

Se as pendências não forem solucionadas, o negócio corre o risco de não ser fechado. A venda de Rodriguinho caso confirmada será a maior da história do América-MG, 4,5 milhões de euros. A diretoria americana divulgou uma nota oficial sobre as dificuldades para concluir a transação.

Confira a nota divulgada pelo conselho administrativo do América-MG:

O América Futebol Clube comunica a seus torcedores e ao público em geral que a negociação do atleta Rodriguinho para o El Jaish, do Catar, ainda não foi finalizada. O atleta encontra-se em Belo Horizonte treinando em separado no CT Lanna Drumond.

Apesar de os representantes do El Jaish, Marcello Zanotti e Abdul Hammed Alabdulkareem, terem solicitado que o atleta viajasse para Doha no dia 6 de setembro, à noite, o visto de entrada para o atleta no Catar ainda não foi enviado ao América.

O América informa que contratou o escritório de advocacia Bichara e Motta para acompanhar o processo de negociação do atleta, visando resguardar seus direitos no caso de não concretização da transação, já que a janela de transferência para o Catar fecha no dia 30 de setembro.

Conselho de Administração
América Futebol Clube

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade