Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Victor curte bom momento e sequência invicta do Atlético-MG

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O goleiro Victor não quis saber do aniversário do ex-clube e foi um dos principais responsáveis pela vitória do Atlético-MG por 1 a 0, em cima do Grêmio. O jogador foi decisivo com várias defesas difíceis, em uma delas, o atacante chileno Vargas finalizou a queima-roupa, mas Victor operou milagre para evitar o gol.

“Foi um lance rápido. Não tive muito o que escolher, já que o Vargas entrou cara a cara. Saí para fechar o ângulo e tentar atrasar a batida dele. Deu certo, e depois o Réver se recuperou a tempo de travar a segunda tentativa. No fim, a defesa ajudou a definir um jogo muito difícil a nosso favor, o que nos deixa satisfeitos e com a sensação do dever cumprido”, declarou.

A atuação de Victor, porém, não se resumiu ao “milagre” do início do segundo tempo. Ao realizar outras quatro defesas, em chutes de Zé Roberto, duas vezes, Alex Telles e Jean Deretti, o dono da meta atleticana afirmou-se também como o grande nome dos 45 minutos finais e, por extensão, da partida. O triunfo por 1 a 0 na Arena, em Porto Alegre, fez o Galo alcançar dez jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, com seis empates e quatro vitórias em sequência.

“A gente vinha empatando bastante, mas transformamos esta série em algo positivo com duas vitórias seguidas e consistentes, contra Coritiba e Grêmio. Não há dúvida de que dez partidas sem derrota em um campeonato do nível do Brasileirão é algo a ser exaltado. A qualidade e o comprometimento desse grupo é que possibilita isso. O objetivo de todos é fazer um grande segundo turno, brigando lá em cima, pensando também em chegar ao Mundial no nosso melhor nível”, disse.

 

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade