Atletismo/Bastidores - ( - Atualizado )

Pega no antidoping, Campbell-Brown pode escapar de punição pesada

Kingston (Jamaica)

Duas vezes medalhista de ouro nos 200m rasos das Olimpíadas, em Atenas-04 e Pequim-08, a jamaicana Veronica Campbell-Brown teve sorte e escapou, em um primeiro momento, de pegar uma punição mais pesada, depois de ser flagrada em exame antidoping. As informações são do jornal Jamaica Gleaner.

O comitê disciplinar decidiu somente advertir Veronica Campbell-Brown e, assim, ela pode, em breve, voltar a participar de competições. A atleta de 31 anos também ganhou ouro nos 200m na etapa de Nova York (EUA) da Liga Diamante.

Apesar de decisão inicial, fontes apontaram ao Jamaica Gleaner que é improvável que a advertência pública seja confirmada pela Federação Internacional de Atletismo (Iaaf) ou passe em branco pela Agência Mundial Antidoping (Wada). Assim, qualquer ratificação da Iaaf pode levar ao envolvimento da Wada no caso e, desta forma, o caso pode ser levado à Corte Arbitral do Esporte.

Em junho, a velocista foi suspensa de forma preventiva pela Federação Jamaicana de Atletismo, após o teste ter apontado uso de um diurético, que às vezes é utilizado para esconder o uso de substâncias proibidas pela Wada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade