Atletismo/Bastidores - ( )

Pistorius recebe mais duas acusações por disparos com arma de fogo

Johanesburgo (África do Sul)

A promotoria responsável pelo julgamento do caso Oscar Pistorius, no qual o atleta sul-africano é acusado de matar sua namorada, a modelo Reeva Sttenkamp, confirmou, nesta terça-feira, que mais duas acusações por disparos de arma de fogo em público serão incluídas no processo.

A defesa de Pistorius, no entanto, tentava desmembrar o julgamento, alegando que as acusações eram de jurisdições diferentes. As novas acusações de disparos de arma de fogo são de Johanesburgo, enquanto a morte da modelo Reeva Stenkamp ocorreu em Pretória e está sendo analisada pelo Tribunal Superior da cidade.

Desta forma, a promotoria do caso explicou a decisão. “Penso que é bom para o senhor Pistorius, porque será conveniente que todas as acusações sejam julgadas em apenas um tribunal. Não são novas acusações, eram acusações que já existiam. Eles estavam em uma jurisdição diferente", disse Nathi Mncube, um porta-voz da acusação, ás agências internacionais.

As novas acusações sobre o atleta sul-africano são com relação a disparos de forma “negligente” e “imprudente”, executados enquanto Oscar Pistorius estava dentro de um veículo em uma viagem com uma antiga namorada. O julgamento do velocista está marcado para o dia 3 de março de 2014.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade