Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Alex Ferguson recusou oferta do Chelsea em 2003: "Nenhuma chance"

Manchester (Inglaterra)

Treinador do Manchester United entre 1986 e junho deste ano, Alex Ferguson se consolidou como ídolo do clube inglês e um dos principais nomes da história do futebol britânico. Entretanto, a carreira do técnico poderia ter tido rumo diferente. Em entrevista ao canal PBS, o escocês afirmou que foi procurado para assumir comando do Chelsea, em 2003, no início da gestão de Roman Abramovich.

“Eles usaram um agente para me contatar quando Abramovich comprou o clube”, afirmou o já aposentado treinador, que ainda revelou sua resposta: “Nenhuma chance”, completou.

Proprietário do Chelsea desde junho de 2003, o bilionário russo transformou o clube inglês em uma das principais potências do futebol mundial. Durante sua gestão, Abramovich realizou grandes investimentos e liderou o time em conquistas históricas, como tricampeonato nacional e inédita Liga dos Campeões da Europa, em 2011/2012.

Ferguson, por sua vez, é o treinador que mais tempo passou no comando de um clube na história do futebol. O escocês chegou ao United em 1986 e ajudou a equipe a vencer 13 vezes o Campeonato Inglês (incluindo o deste ano), duas vezes a Liga dos Campeões da Europa e outras duas o Mundial de Clubes. Ao todo, foram 38 taças erguidas. As conquistas com o principal time inglês acabaram rendendo ao técnico o título de Sir, dado pela Coroa Britânica.

Após 27 anos à frente do Manchester, Ferguson optou por deixar o comando da equipe ao término na última temporada. Para o lugar do experiente técnico, de 71 anos, foi contratado o também escocês David Moyes, que estava no Everton há 11 temporadas. Atualmente, o United ocupa a 12ª colocação no Campeonato Inglês, com campanha de duas vitórias, um empate e três derrotas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade