Futebol/Copa do Brasil - ( )

Antes deslumbrado, Walter se diz pronto para decisão no Corinthians

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Walter passou por Iraty, Rio Branco-PR, Londrina, Caxias, Corinthians-PR e União Barbarense antes de chegar ao Corinthians. Tite o viu deslumbrado em um primeiro momento no clube, algo admitido pelo próprio jogador, que jura ter superado essa condição.

“Estou pronto. É diferente quando você chega. Em clubes pequenos, tem um ou outro (jornalista). Aqui, tem muita gente, o assédio é diferente. E a camisa também é mais pesada. Mas agora estou tranquilo, é só trabalhar”, disse o goleiro, apontando justamente a tranquilidade como uma de suas características marcantes.

Ela será necessária caso Walter seja o escolhido para substituir Cássio contra o Grêmio. Depois de estrear no último final de semana, por causa da contusão do titular no triunfo sobre o Criciúma, ele é o favorito para ocupar a meta alvinegra no confronto decisivo da Copa do Brasil.

Divulgação/Agência Corinthians
Walter estava "um pouco perdido" quando chegou ao Corinthians, em maio (foto: Daniel Augusto Jr.)
“Um mês atrás, dois meses atrás, o Tite me citou em algumas reuniões que tivemos. Quando chega ao Corinthians, você fica um pouco perdido. Ele mandou que eu trabalhasse que uma hora ia acontecer. A oportunidade apareceu, e ele falou: ‘Pega e agarra’. Graças a Deus, consegui fazer o meu melhor”, contou.

Com Walter no gol por cerca de 70 minutos, o time alvinegro ganhou por 1 a 0, sua primeira vitória em cinco jogos. “Acabou a partida, teve uma tranquilidade maior no vestiário. Mas, no outro dia, você sabe como é a cobrança aqui. Quarta-feira, é vida ou morte para a gente.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade