Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Após confusão, presidente do Goiás procura por solução para jogos em casa

Goiânia (GO)

Não foi só o atacante Walter que se irritou com as as cenas de violência vistas no estádio Serra Dourada neste domingo, quando o Goiás bateu o Atlético-PR por 3 a 0. Nesta segunda, o presidente esmeraldino João Bosco Luz lamentou o fato e garantiu que a diretoria do clube estuda mudanças para as próximas partidas do Verdão como mandante.

“Estamos estudando algumas soluções para os próximos jogos em casa, seja no Serra Dourada ou em outro estádio. Estamos discutindo com a Federação Goiana de Futebol, vou conversar com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva. É uma situação que extrapola nossas forças, vamos ter que buscar ajuda externa”, relata o dirigente.

João Bosco Luz não revelou quais serão as ações, já que elas ainda dependem de conversas para serem decididas. É certo, porém, que não haverá mais promoção de ingressos e cobrança de meia-entrada para torcedores com a camisa do Goiás. Além disso, o preço do bilhete deve subir, a fim de afastar os causadores da confusão do estádio.

“É uma parte pequena da torcida, mas que provoca um estrago muito grande. Menos de 10% dos torcedores protagonizaram uma confusão que me deixou horrorizado, ao ponto dos verdadeiros torcedores esmeraldinos vaiarem os arruaceiros”, conclui.

Agif
Confusões no Serra Dourada serão coibidas pela diretoria do Goiás (Foto: Adalberto Marques)

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade