Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Após derrotas, Coxa e Santos duelam por reabilitação no Brasileiro

Luiz Felipe Fagundes e Rodrigo Martins Curitiba (PR)

Vindo de resultados adversos na última rodada do Campeonato Brasileiro, Coritiba e Santos se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no Estádio Couto Pereira, em busca da reabilitação na Série A. Entretanto, se para o Coxa os três pontos são fundamentais para não ficar à mercê da zona de rebaixamento, o Peixe ainda sonha em se aproximar do G-4, que garante uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.

Em silêncio e com muito trabalho no pouco tempo que sobra entre as partidas, o Alviverde aos poucos começa a ganhar reforços vindos do departamento médico. Se o técnico Péricles Chamusca não contará com Chico e Escudero, que cumprem suspensão, por outro lado terá o zagueiro Leandro Almeida, os volantes Willian Farias e Júnior Urso e os meias Alex e Bottinelli à disposição, além do volante Germano, que havia sido expulso em sua estreia.

Com mais opções em mãos, ainda que sem o ritmo de jogo ideal para alguns atletas que voltam de lesão, o treinador coxa-branca poderá modificar a forma de jogar da equipe, especialmente no meio-campo, setor que ganhou mais opções. Porém, é o 12º jogador que, em sua análise, pode fazer a diferença.

“Contamos com o apoio do torcedor, tenho certeza que a torcida reconheceu nossa raça e disposição e vai jogar junto com o time na quarta-feira”, afirmou Chamusca após a derrota do final de semana no clássico diante do Atlético Paranaense, a segunda queda consecutiva desde sua chegada.

No lado santista, a distância de sete pontos para o Botafogo, quarto colocado da competição, deixou o elenco mais reticente quanto às possibilidades de uma classificação para a Libertadores.

Porém, os atletas seguem motivados e dispostos a lutar por um lugar no G-4, até o fim do Brasileirão. “Não podemos bobear mais, porque já perdemos pontos importantes. O nosso time cresceu bastante, vem fazendo boas partidas, mas precisamos consertar alguns erros, para conseguirmos uma regularidade que nos possibilite alcançar o G-4. Eu ainda acredito nesta hipótese. Enquanto tivermos chances, vamos lutar até o final”, comentou o volante Alison, que retorna ao time praiano, após cumprir suspensão automática na derrota para a Portuguesa, por conta da expulsão na vitória sobre o São Paulo.

Arte GE.Net
Além de Alison, o técnico Claudinei Oliveira terá a volta de Aranha para a meta alvinegra. O experiente goleiro não atuou diante da Lusa, pois havia recebido o terceiro cartão amarelo no clássico com o Tricolor Paulista.

Em compensação, o treinador tem alguns desfalques importantes. Claudinei será obrigado a mexer nas duas laterais, por exemplo. O ala-direito Cicinho não poderá jogar, por conta de um desconforto muscular. Já o lateral-esquerdo Eugenio Mena está suspenso e, também, a serviço da Seleção Chilena, que enfrenta Colômbia e Equador, respectivamente, em duelos válidos pelas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo. Bruno Peres e Emerson Palmieri serão escalados nas suas vagas.

No meio-campo, o meia Leandrinho foi vetado pelo departamento médico santista, devido a uma infecção intestinal. Com isso, o comandante do Peixe resolveu modificar o esquema tático da equipe, abrindo mão do 4-4-2 e montando o time da Vila Belmiro no 4-3-3, mesmo fora de casa. Everton Costa será o substituto de Leandrinho, formando trio de ataque com Thiago Ribeiro e Willian José.

Mesmo com tantos problemas, Claudinei Oliveira confia no potencial de seus comandados. No entanto, o técnico lembrou que o Santos deve pensar jogo a jogo, na tentativa de se aproximar do G-4. “Não posso falar em G-4, quando estamos sete pontos atrás do Botafogo (43 a 36). Não temos como chegar entre os quatro primeiros com uma vitória sobre o Coritiba. O que temos de fazer é somar o maior número de pontos possíveis, para encostarmos nestas equipes. Não existe jogo de 10 pontos”, analisou.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X SANTOS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 09 de outubro de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Marrubson Melo Freitas (DF)

CORITIBA: Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Leandro Almeida e Diogo; William (Gil), Júnior Urso (Germano), Robinho e Alex; Júlio César e Geraldo
Técnico: Péricles Chamusca

SANTOS: Aranha; Bruno Peres, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson Palmieri; Alison, Arouca e Cícero; Everton Costa, Thiago Ribeiro e Willian José
Técnico: Claudinei Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade