Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Após falhar, Marcelo Oliveira considera sorte do Icasa no lance

Juazeiro do Norte (CE)

O volante Marcelo Oliveira participou diretamente da falha do Palmeiras no gol que decretou a derrota por 1 a 0 para o Icasa, na noite desta terça-feira, em Juazeiro do Norte. Porém, o jogador acredita que o determinante no lance foi a sorte do atacante adversário Juninho Potiguar.

“Era uma bola em que eu estava na cobertura. Na dúvida se o Marquinho (Marcos Vinícius) chegaria ou não, tive de chegar rasgando. Não sei em quem bateu e eles tiveram sorte de a bola sobrar”, lamentou.

O lance aconteceu aos 29 minutos do primeiro tempo. Marcelo Oliveira tentou tirar da intermediária com um chutão, mas a bola bateu em Marcos Vinícius e sobrou para Juninho Potiguar, que invadiu a área, driblou Fernando Prass e tocou para as redes.

“Temos de sair de cabeça erguida. Foi um lance infeliz que eles aproveitaram. Nós lutamos, tentamos até o fim e tivemos chances, mas a bola não entrou”, lamentou o jogador.

Marcelo Oliveira, que recebeu elogios em atuações recentes pelo Verdão, entende que os jogadores envolvidos no lance não podem sair como vilões, apesar de Marcos Vinícius ter sido substituído no intervalo por Felipe Menezes.

“Quando ganha, é todo mundo junto. Da mesma forma, perdemos todo mundo, não temos de botar a culpa em ninguém, isso aqui é um grupo”, afirmou. Marcelo Oliveira começou a partida no meio-campo, mas, depois da alteração promovida por Gilson Kleina no intervalo, foi deslocado para atuar como zagueiro nos 45 minutos finais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade