Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Bronca em Pato faz Bressan cair nas graças dos gremistas

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Uma das cenas mais marcantes da classificação do Grêmio às semifinais da Copa do Brasil veio logo após Alexandre Pato desperdiçar o pênalti decisivo, defendido por Dida. Todos os jogadores do Tricolor saíram em disparada desde o meio do gramado da Arena para cumprimentar o goleiro. Quando Pato voltava, lamentando o erro, o zagueiro gremista Bressan pôs o dedo em riste e deu uma bronca no atacante corintiano.

Nesta sexta-feira, após o treino, Bressan explicou o porquê da atitude: “ele deu declarações que desrespeitaram a instituição Grêmio, que é maior do que eu, ele ou qualquer um. Mas eu não vou levar nada, nenhuma mágoa. Foi coisa de jogo e acabou dentro de campo”, justificou o zagueiro de 20 anos, trazido do Juventude no começo deste ano.

A atitude de Bressan foi notada pelas câmeras e ganhou as redes sociais nesta quinta-feira. Torcedores do Grêmio que acompanharam o treino desta sexta levaram cartazes de incentivo ao zagueiro no Olímpico e gritavam seu nome durante o trabalho. “Foi um momento de explosão, mas não quero criar polêmica e nem falar mais nesse assunto. Temos que focar os próximos jogos”, pediu o beque.

Gremista quando criança, Pato não foi aprovado em uma peneira para atuar no Tricolor no começo da década passada, e se profissionalizou no rival Internacional, onde foi campeão do mundo com apenas três jogos como profissional. Na base, o sucesso em Gre-Nais foi imenso. A declaração que provocou a ira de Bressan foi a de que “sempre é um gostinho especial enfrentar eles”, dita pelo atacante quando houve a definição dos confrontos das quartas de final da Copa do Brasil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade