Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Brunoro ‘abre’ Academia, mas descarta uso da Arena na Copa

São Paulo (SP)

Mesmo com a entrega prevista para maio de 2014, a novo estádio do Palmeiras não será usado para a preparação das seleções durante a Copa do Mundo. O veredito foi dado pelo diretor-executivo José Carlos Brunoro, que afirmou não ter tempo suficiente para ceder o Allianz Parque aos times do Mundial.

“Para a Copa do Mundo não será possível o uso da Arena, mas Academia será usada”, afirmou o diretor-executivo do Palmeiras em entrevista ao programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Com sua história ligada à Itália, o clube alviverde espera receber a delegação da Azzurra na preparação para a Copa do Mundo. Em novembro do ano passado, o treinador italiano Cesare Prandelli elogiou as dependências do clube durante a visita de uma comitiva ao centro de treinamento.

A preocupação do Palmeiras, no entanto, ainda parece ser a delegação que usará a Academia. Antes de pensar na Copa do Mundo de 2014, os dirigentes já mostraram preocupação com relação à montagem do time para o ano do centenário. Após a confirmação do retorno á elite do futebol brasileiro, a prioridade é ter um time competitivo na Série A, apesar da situação financeira ainda delicada.

“Temos problemas financeiros, como qualquer outro clube. Não podemos criar situações de loucuras, trazer jogadores de salários altíssimos. Temos que trazer jogadores competitivos, que o Palmeiras tenha condições de arcar ou que talvez precise de parceiros para contratar”, concluiu José Carlos Brunoro.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
José Carlos Brunoro descartou o uso da nova Arena para a preparação das seleções na Copa do Mundo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade