Futebol/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Brunoro nega sonho de receber Itália e minimiza CT fora de lista

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

A exclusão da Academia de Futebol da lista de principais centros de treinamentos para a Copa do Mundo de 2014 foi minimizada pelo Palmeiras. O diretor executivo do clube, José Carlos Brunoro, alega que o Verdão tinha a preferência de não ceder sua casa como sede fixa de alguma seleção.

“Estava querendo isso mesmo (que saísse da lista principal), nós preferimos assim. Podemos usar mais nosso CT, já que não temos tantos”, afirmou o dirigente, em contato por telefone com a reportagem da GE.net.

O dirigente ainda negou que tivesse como grande objetivo acolher a seleção italiana na Academia. “Não tinha sonho sobre isso”, declarou. Assim, o Palmeiras é o único dos quatro grandes paulistas que não terá a chance de hospedar uma seleção na Copa do Mundo de 2014.

CT do Palmeiras sai de lista da Copa

Nesta terça-feira, em evento realizado no CT da Barra Funda, que pertence ao rival São Paulo e fica vizinho à Academia, o Comitê Organizador Local (COL) divulgou os 83 centros de treinamentos que receberão as delegações visitantes. Apesar de não estar na relação principal, o clube segue no cronograma do Mundial.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Brunoro alega que o clube terá mais tempo para treinar em seu CT ao ser colocado em lista inferior
A instalação do Palmeiras ficou em uma lista abaixo, ou seja, poderá receber eventualmente algum treino de seleção que passe pela capital paulista para um determinado jogo. O anúncio deixou o ministro do Esporte, o palmeirense Aldo Rebelo, chateado, expressando seu descontentamento na presença dos membros do COL.

Apesar de Brunoro negar que sonhasse em abrigar a Azzurra, havia uma grande expectativa entre torcedores e conselheiros do clube de origem italiana. Em novembro do ano passado, o técnico da equipe europeia, Cesare Prandelli, até visitou o clube.

Desde que o Brasil foi confirmado como sede do Mundial, dirigentes de outras delegações também estiveram na Academia, como ingleses e japoneses. No domingo, Brunoro declarou, durante participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, que o futuro estádio palmeirense não entraria mesmo no cronograma da Copa, mas sim o CT.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade