Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Buscando time brigador, Mancini faz mistério em relação ao Furacão

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Às vésperas do clássico diante do Coritiba, domingo, na Vila Capanema, pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense alimenta o clima de decisão e mistério. O técnico Vágner Mancini, que espera uma reação da equipe após duas derrotas, deve realizar algumas mudanças da forma de jogar do Furacão, sempre tendo em mente um time brigador.

“É muito importante para o torcedor ver uma equipe, independentemente das circunstâncias em campo, que esteja sempre brigando muito, que é a cara do Atlético”, disse ao site oficial do clube o treinador rubro-negro, que promete esse espírito de seu time em campo. “Um time extremamente competitivo, que lute por cada centímetro do campo e que, se for necessário, vai suar sangue, porque vai estar diante do seu maior rival e da sua torcida”, completa.

Com dois desfalques, Mancini já definiu a zaga, mas deixou o restante do time para revelar apenas no dia do clássico. “A formação eu ainda estou para definir, porque eu não tenho o Pedro Botelho e o Luiz Alberto. No Luiz, eu tenho a entrada do Dráusio, que é uma entrada simples. Mas nos outros setores da equipe, vou dar uma boa analisada. Tivemos, ao longo destes últimos jogos, alguma queda em relação a alguns aspectos. Vou reconsiderar algumas coisas”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade