Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Ceni não viaja com time, mas deve ir a BH para fazer 'preleção'

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Mesmo suspenso, Rogério Ceni estará na quarta-feira em Belo Horizonte para o duelo contra o Cruzeiro. Ele não viajou com o elenco são-paulino, mas seguirá à capital mineira no dia da partida para participar da última conversa entre os jogadores no vestiário do Mineirão.

Conforme disse no sábado, quando recebeu o terceiro cartão amarelo ao cometer pênalti na vitória sobre o Cruzeiro, o goleiro não foi na véspera com a delegação para poder treinar no CT da Barra Funda também na quarta-feira. Os custos da viagem, fez questão de dizer, não serão bancados pelo clube, mas por ele próprio.

Capitão, Ceni é quem fala as últimas palavras de motivação aos companheiros antes das partidas do São Paulo. Quando o time vence, elas são divulgadas pelo site do clube. Foi assim em momentos importantes da atual temporada, como no triunfo sobre o Atlético-MG, na fase de grupos da Copa Libertadores, e na estreia do técnico Muricy Ramalho.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Camisa 1 e capitão são-paulino está fora da partida desta quarta-feira por ter recebido o terceiro cartão amarelo
Como não poderá ter seu principal líder em campo, o São Paulo vai a campo com Denis. O substituto imeadiato concedeu entrevista nesta terça-feira, antes da viagem, e se disse preparado.

"Meu último jogo no Brasileiro foi contra a Ponte (Preta, na primeira rodada d competição). Mas joguei contra o Milan, na excursão (em 1º de agosto, pela Copa Audi, em Munique) , não faz muito tempo. Não acho que seja fogueira, vejo como uma grande oportunidade", falou, antes de entender como positiva a presença do dono da posição nos minutos anteriores à partida.

"Tudo é válido. Nessa hora, tudo é válido para ajudar. Não é a primeira vez que ele faz isso. Já fez isso outras vezes também. Se for, tenho certeza de que vai com o pensamento de ajuadr nossa equipe, vai ser muito importante. Não só para mim, mas para todos os atletas", comentou.

Além do camisa 12, o treinador relacionou Renan Ribeiro para o banco de reservas. Primeiro fora da zona de rebaixamento, o time chega na tarde desta terça-feira a Belo Horizonte e enfrenta o Cruzeiro às 21h50 (de Brasília) de quarta, no Mineirão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade