Futebol/Eliminatórias Sul-americanas - ( - Atualizado )

Chile e Equador duelam precisando de empate para se classificarem

Santiago (Chile)

Com Argentina e Colômbia garantidas, além do Brasil, país anfitrião, duas vagas estão em aberto na última rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014. Nesta terça-feira serão conhecidas as outras duas seleções classificadas, além daquela que jogará a repescagem. Porém, dificilmente os dois classificados deixarão de ser Chile e Equador, que dividem a terceira posição, com 25 pontos, e se enfrentam às 20h30 (de Brasília), no Estádio Nacional, em Santiago.

As duas equipes entram em campo precisando de um simples empate para garantire vaga no Brasil, o que tem fortalecido as insinuações de um possível "jogo de compadres". Caso haja um perdedor, este poderá ser alcançado pelo Uruguai, que tem três pontos a menos e, no mesmo horário, recebe a Argentina no Estádio Centenário, em Montevidéu.

“Para nós será um jogo muito complicado, pois o Chile mostrou qualidade. Estamos a um passo do Mundial, mas temos que fazer uma grande apresentação”, afirmou o técnico do Equador, Reinaldo Rueda. Já Jorge Sampaoli, técnico do Chile, dá a classificação como certa. “Sabemos que vamos nos classificar e não deixamos de confiar nisso”.

AFP
Contando com os "brasileiros" Valdivia, Vargas e Mena, Chile enfrenta o Equador em busca da classificação

Jorge Valdívia, meia do Palmeiras, deve ser titular e, diferentemente dos últimos duelos, quando acabou substituído ainda no iniício da segunda etapa, tem tudo para ficar mais tempo em campo. “Vi o Valdivia um pouco exausto nos últimos jogos por todo o calor e umidade que fez, e por isso o substitui. Mas acredito que ele está bem preparado, motivado, e que o usaremos durante o maior tempo possível. Sempre que ele está em campo é determinante”, elogiou o comandante chileno.

Outros dois confrontos, apenas para cumprir tabela, fecham a rodada. No mesmo horário o Paraguai, decepção do torneio, recebe a já garantida Colômbia no Estádio Defensores del Chaco, capital paraguaia. Em choque de eliminados, às 23h15(de Brasília), jogam no Estádio Nacional, em Lima, Peru e Bolívia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade