Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Coelho quer superar trauma para vencer o ASA e sonhar com o G-4

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG tem desperdiçado várias chances de se aproximar do G-4 da Série B, principalmente quando joga em casa, onde tem perdido jogos importantes, como no duelo contra o Paysandu, na rodada passada. Para manter chances de acesso, o Coelho precisa impor o mando de campo, o que o time quer fazer nesta sexta-feira, às 21 horas (de Brasília), quando recebe o ASA no estádio Independência.

Segundo as projeções matemáticas, o América-MG precisa vencer cinco dos seis jogos que ainda vai disputar no Brasileiro para retornar para a elite. O grande problema é que o time mineiro não consegue vence em casa e ainda vai enfrentar um adversário que precisa triunfar para escapar da degola.

Mesmo com as dificuldades que terá pela frente, o técnico Silas mantém o otimismo e pede para que o torcedor volte a incentivar a equipe contra o ASA, que é um adversário perigoso embora esteja lutando desesperadamente contra o rebaixamento.

“Ainda temos chances e não vamos desistir. Vamos olhar para a frente, porque já temos um jogo na sexta-feira. Temos dois dias para trabalhar antes do jogo contra o ASA, mais um adversário que está brigando contra o rebaixamento. Espero que o torcedor compareça novamente. Foi muito bom no jogo contra o Paysandu. O torcedor incentivou até o final e ficou faltando só a vitória, que vamos buscar nesta sexta-feira", declarou.

Além de perder o meia-atacante Willians, expulso no final do primeiro tempo do duelo contra o Papão, Silas também não terá o zagueiro Vitor Hugo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em contrapartida, o treinador terá o retorno do atacante Nikão, que cumpriu suspensão por três cartões amarelos, e também já pode escalar o volante Leandro Ferreira.

Arte GE.Net
Lanterna da Série B com apenas 26 pontos, o ASA luta desesperadamente para fugir do rebaixamento. Como não bastasse a dificuldade de encarar o Coelho no Horto, o técnico Heron Ferreira tem desfalques na equipe. O zagueiro Wellington e o volante Jorginho estão suspensos e o atacante Elionar Bombinha, com torcicolo, foi vetado pelos médicos.

A principal preocupação dos torcedores arapiraquenses é com o setor defensivo, já que o alvinegro sofreu 67 gols em 32 partidas realizadas, sendo, disparado, o time mais vazado da segundona nacional. Para solucionar o problema, a diretoria dispensou o técnico Ricardo Silva e apostou em Heron Ferreira, mas desde que chegou ao clube, o comandante conseguiu apenas uma vitória em seis jogos, totalizando 16 gols sofridos.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X ASA-AL

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 01 de novembro de 2013, sexta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)

AMÉRICA-MG: Matheus; Elsinho, Jaílton, César Lucena e Danilo; Claudinei, Andrei Girotto, Elvis e Bady; Nikão e Alessandro
Técnico: Silas

ASA-AL: Marcus Vinícius; Reinaldo Silva, Cássio, Fabiano e Samuel; Cal, Glauber, Didira e Diego Rosa; Caíque e Lúcio Maranhão
Técnico: Heron Ferreira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade