Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Com 2 a 0, Bragantino se distancia da parte de baixo e afunda ASA

Bragança Paulista (SP)

O Bragantino aproveitou a oportunidade de atuar em casa contra o último colocado da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, no estádio Nabi Abi Chedid, o time de Marcelo Veiga venceu o ASA por 2 a 0.

Os gols da equipe de Bragança Paulista foram marcados por Léo Jaime e Lincom. Assim, o clube do interior paulista ficou em situação mais confortável na segunda divisão, pois subiu para o 11º lugar, com 39 pontos. Já a equipe alagoana continua na lanterna, com 23.

Na próxima rodada da Série B, as duas equipes jogam na terça-feira. Às 19h30 (de Brasília), o time alagoano buscará a reação contra o América-RN, no estádio Coaracy Fonseca. Às 21h50, o Bragantino enfrentará o Paraná, no Durival de Britto.

O jogo - O Bragantino não desperdiçou sua primeira oportunidade na partida. Logo aos dois minutos, Léo Jaime carregou a bola pelo meio e chutou no canto, para superar o goleiro Gilson. Depois disso, o ASA partiu em busca do empate, mas não conseguiu a reação imediata e ainda levou mais um susto. Léo Jaime recebeu de Lincom e tocou para perto do gol.

Arte GE.Net
A partir daí, o time visitante seguiu buscando as jogadas ofensivas, enquanto o Bragantino aguardava o melhor momento para responder nos contragolpes. Desta forma, Gustavo encontrou espaço para finalizar e levar perigo à meta adversária. Depois disso, o jogo perdeu emoção e só voltou a levantar a torcida no início da etapa final.

Aos dez, Magno Cruz recebeu a assistência na meia-lua e chutou forte, exigindo a defesa do goleiro Gilson. Apenas três minutos depois, Léo Jaime recebeu sozinho na linha da pequena área e bateu de primeira, mas o goleiro do ASA fez uma grande intervenção.

A entrada de Valdívia na vaga de Reinaldo Silva não ajudou a equipe alagoana a equilibrar novamente a partida, pois o Bragantino seguiu muito perigoso em jogadas de velocidade, parando apenas nas defesas de Gilson.

Assim, o ASA só ameaçou novamente aos 31 minutos, quando Lúcio Maranhão exigiu defesa de Leandro Santos. Porém, aos 34, o Bragantino acabou com qualquer chance de reação do oponente. Depois de bobeira da defesa na saída de bola, Lincom recebeu para finalizar e balançar as redes, confirmando a vitória do time de Bragança Paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade