Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Confiante, goleiro-artilheiro está pronto para titularidade no Avaí

Florianopolis (SC)

Desde sua chegada ao Avaí, no dia 22 de maio deste ano, o goleiro Tiago não havia recebido nenhuma chance de titularidade no elenco leonino. Porém, a contusão de Diego, nos minutos finais da vitória sobre o Sport por 1 a 0, pode promover a entrada do atleta entre os 11 iniciais do técnico Hemerson Maria diante da Chapecoense, neste sábado (12) na Ressacada.

Tiago Antônio Campagnaro, de 30 anos, ganhou fama pelo ato de cobrar faltas e pênaltis, recebendo a alcunha de “Tiago Ceni”. Com 18 gols na carreira, o goleiro-artilheiro soma passagens por Corinthians, Portuguesa e Vasco. Porém, desde que saiu da equipe cruzmaltina, ele não conseguiu mais se firmar, passando efemeramente por Bahia, Grêmio Barueri e Ceará, antes de chegar à Ressacada.

Após sentir uma fisgada na coxa, Diego abandonou a partida contra o Sport aos 50 minutos da segunda etapa. Neste difícil contexto, Tiago aqueceu com rapidez e estreou na Série B com a missão de defender a meta avaiana nos últimos minutos. O atleta não foi exigido pelo ataque pernambucano, mas admitiu ter entrado sob pressão. Além do mais, o goleiro-artilheiro admitiu a ânsia de conquistar a titularidade, mas registrou sua torcida à imediata recuperação de Diego.

Uma vitória no duelo regional contra a Chape consolidará o Avaí no grupo dos quatro primeiros colocados do Campeonato Brasileiro da Série B. Com 47 pontos, seis a menos que seu adversário, os comandados de Hemerson Maria defendem neste final de semana uma invencibilidade de cinco partidas. A última derrota do Leão aconteceu no dia 17 de setembro, diante do Palmeiras, pelo placar de 4 a 2.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade