Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Corintianos culpam ausências de Guerrero e Pato por novo 0 a 0

Mogi Mirim (SP)

O Corinthians voltou a apresentar falta de criatividade ofensiva e pouco finalizou na partida contra o Atlético-PR, na noite desta quarta-feira. Resultado: mais um 0 a 0 computado no Campeonato Brasileiro. Desta vez, no entanto, os jogadores não hesitaram na hora de dar uma justificativa para o mau rendimento do ataque.

“Pode ter sido pela falta de uma referência na frente. Estamos acostumados a jogar com alguém lá, o Pato ou o Guerrero. Hoje, o Danilo e o Sheik até tentaram exercer essa função, mas falhamos no último passe”, constatou o lateral direito Edenílson, que arriscou alguns chutes de fora da área no primeiro tempo do jogo com o Atlético-PR.

O Corinthians não contou com Guerrero no interior paulista porque o centroavante, dispensado dos compromissos da seleção peruana, sofreu uma fissura em um osso do pé esquerdo. Já Alexandre Pato está à disposição do técnico Luiz Felipe Scolari para defender o Brasil em amistoso contra a Coreia do Sul, neste fim de semana.

“Os nossos dois centroavantes estão indo para as suas seleções. O Danilo até jogou improvisado como homem central, assim como o Emerson, mas é difícil. Os desfalques atrapalham bastante. O time se habituou a ver o Guerrero sempre na área”, lastimou o goleiro Cássio.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Emerson tentou suprir a ausência dos centroavantes, mas não fez o suficiente para chegar ao gol
Apesar de se dizer “incomodado” com a igualdade sem emoções diante do Atlético-PR, o arqueiro tentou analisar a situação pelo lado positivo. “Não faltou vontade. Vínhamos perdendo alguns jogos e conseguimos somar um ponto agora”, afirmou Cássio. Já Edenílson atacou: “Devemos tentar acertar as coisas o mais rapidamente possível”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade