Futebol/Copa Sul-americana - ( - Atualizado )

Coxa perde para o Itagüí novamente e é eliminado da Sul-americana

Envigado (Colômbia)

Com o time reserva, o Coritiba perdeu por 2 a 1 para o Itaguí (COL), no Estádio Polideportivo Sur, em Envigado, na Colômbia, e foi eliminado da Copa Sul-americana 2013. No primeiro encontro, na capital paranaense, vitória por 1 a 0 dos Águias Douradas, que já garantia uma vantagem para o jogo da volta.

O Coxa conseguiu abrir o placar aos 47 minutos de um fraco primeiro tempo. Chico pegou sobra de bola fora da área e chutou para o fundo das redes, aproveitando desvio na zaga. Depois do intervalo, Quiñones fez bonita jogada antes de estufar as redes para deixar tudo igual. Quiñones deu números finais aos 45 minutos.

Na próxima rodada, o Itagüí enfrenta o Libertad, do Paraguai, que eliminou o Sport, com a primeira partida marcada já para a próxima semana. O Coritiba volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro.

O jogo – Com um time totalmente desfigurado, o Alviverde tocava bola nos primeiros movimentos, aproveitando para buscar o ritmo ideal. Porém, o resultado de empate era bom para os donos da casa, que esperavam. Aos cinco minutos, Ortega chegou ao fundo e cruzou para boa recuperação de Bonfim, que fez o corte.

O Itagüí esperava as falhas do Coxa para atacar. Aos 13 minutos, Escudero saiu jogando errado, Arboleda recuperou a posse de bola e soltou um petardo que assustou Vaná. Aos 17 minutos, Victor Ferraz fez a jogada e cruzou para Arboleda afastar o perigo. Aos 26 minutos, Lopes lançou e Vaná deixou a meta para interceptar. O jogo era tecnicamente fraco na Colômbia, sem chances reais de gol.

Apagado, Bill arrancou aos 36 minutos mas, na hora do arremate, chutou torto, sem direção alguma. Aos 38 minutos, Ibérbia acertou um raro cruzamento, Bill não subiu e Dudu perdeu. Os Águias Douradas responderam aos 41 minutos, com Rodriguez, que arriscou de fora da área e foi travado por Chico no momento certo. Mas, aos 47 minutos, após pressão alviverde, Chico pegou sobra de bola e chutou de longe, contando com ajuda de um desvio na defesa, para abrir o placar.

Para o segundo tempo, o Itagüí retornou com Nelson Barahona no lugar de Yonaider Ortega. Aos dois minutos, Victor Ferrar tentou surpreender o goleiro Cabral que, atento, fez a defesa. Aos seis minutos, Bolivar cruzou rasteiro e Escudero apareceu de carrinho para interceptar. Os donos da casa ameaçavam uma pressão.

Após uma bela jogada, aos 18 minutos, Quiñones abriu espaço na defesa e disparou o chute para deixar tudo igual no placar. O técnico auxiliar João Marcelo apostou nas entradas de Zé Rafael e Keirrison. Aos 26 minutos, Vitor Júnior chutou forte, a bola carimbou o travessão, bateu sobre a linha e não entrou.

O Coritiba voltou a subir de produção em busca do gol que daria a classificação, mas o desgaste físico, além dos problemas técnicos, impedia o time de ser mais agudo. Aos 34 minutos, Victor Ferraz avançou pela lateral e perdeu a dividida com Quiñones. Aos 39 minutos, Bill deixou a marcação para trás, mas no complemento chutou para fora. Mas, aos 45 minutos, Quiñones fez mais um para fechar a contagem.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade