Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Cristóvão minimiza pressão antes de Ba-Vi: "Sempre há"

Salvador (BA)

O empate em casa com a Ponte Preta, penúltima colocada do Campeonato Brasileiro, manteve o Bahia à beira da zona de rebaixamento. Um resultado ruim principalmente tendo em conta que o próximo confronto será contra o Vitória.

O técnico Cristóvão Borges, no entanto, minimiza o efeito emocional que o clássico possa causar neste momento. "Com a pressão, nós convivemos normalmente. Ela é constante. Às vezes mais, outras vezes menos, mas existe sempre. Só vamos continuar vivendo com ela", diz.

Para o Ba-Vi de quarta-feira, na Arena Fonte Nova, ele não poderá contar com o zagueiro Titi, que recebeu o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão. Mas nem os desfalques - o meia Marquinhos Gabriel saiu com dores musculares e também é dúvida - diminuem a confiança.

"Os jogadores que têm entrado vêm correspondendo bem, em jogos dificilíssimos. É claro que meu desejo é de que a equipe pudesse contar com todos. Como não é possível, tenho confiança naqueles jogadores que irão jogar", falou.

Após o empate por 1 a 1 de domingo, o elenco se reapresenta aos trabalhos na tarde desta segunda-feira, no Fazendão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade