Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Criticado por Mourinho, ‘cai-cai’ de Neymar ganha destaque na Espanha

Barcelona (Espanha)

A excelente atuação de Neymar, com direito a gol e assistência, na vitória do Barcelona sobre o Valladolid, no último fim de semana, pelo Campeonato Espanhol, não foi suficiente para eximir o craque brasileiro de críticas. Nesta segunda-feira, os principais jornais da Espanha abordaram um tema que virou recorrente enquanto a Joia permaneceu no Brasil: O cai-cai. Tudo isto porque José Mourinho, ex-comandante do Real Madrid e atualmente no Chelsea, criticou o camisa 11 azul-grená por simular faltas e tentar induzir a arbitragem a anotar infrações inexistentes durante as partidas.

Em entrevista ao jornal catalão Mundo Deportivo, o português disparou contra o que classificou como uma nova cultura do futebol europeu. “Nós vemos claramente que na Champions League existe a cultura do ‘cai-cai’. Basta ver as atuações de Neymar em Glasgow, contra o Celtic, e de Balotelli em Amsterdã, no Ajax x Milan. Uma equipe terminou a partida com dez, e outra foi penalizada com um pênalti nos últimos minutos. Essas ações me entristecem e me preocupam, porque eu também estou na briga pela Liga dos Campeões. Nós queremos ver agressividade, boas atuações, e não simulações”, disse Mourinho.

AFP
Neymar vem sendo acusado de simular faltas na Espanha
Mesmo discurso adotou o treinador do Celtic, Neil Lennon. Na partida do último meio de semana, contra o Barcelona, pela 2ª rodada da Champions League, o comandante escocês viu sua equipe perder o zagueiro Brown, expulso após chutar as costas de Neymar. Após ser atingido, o brasileiro gritou de dor e rolou no gramado, algo duramente criticado pelo técnico. “Ele (Neymar) já tem certa reputação. É um jogador brilhante, mas algumas vezes exagera em coisas que são pequenas. Não acho que o Neymar faça nenhum favor a si mesmo pela maneira como ele se comporta às vezes”, disse Lennon.

Assim, o atacante brasileiro passou a ser questionado pelas principais publicações da Espanha nesta segunda-feira. O Marca, da capital, Madri, por exemplo, promoveu uma votação em seu site para o público responder se “Neymar se atira em excesso”. Até esta manhã (horário de Brasília), 63,3% disseram que ‘não’, e 36,7% afirmaram que ‘sim’. Além disto, o jornal destacou que “Neymar é o jogador que mais sofre faltas no Campeonato Espanhol”, mas advertiu que “os adversários não acreditam que elas sejam consequências de infrações”. Assim, “a maioria das pessoas, com a óbvia exceção dos torcedores do Barcelona, pensa que o brasileiro se atira em excesso e cai com o mínimo contato”.

Este questionamento ganhou mais força após a partida do último sábado, contra o Valladolid, no Camp Nou. Neymar anotou seu primeiro gol no Campeonato Espanhol, deu uma assistência e participou da maior parte das jogadas ofensivas do Barcelona na contundente vitória por 4 a 1. Apesar disto, foi lembrado pela imprensa espanhola por ter reclamado de dois pênaltis, em lances nos quais desabou dentro da grande área, e a arbitragem mandou o jogo seguir. Desta forma, fica provado que, assim como no Brasil, o ex-atacante do Santos terá que lutar, agora na Espanha, para mostrar que não é um ‘cai-cai’, ou, como eles dizem por lá, um ‘piscineiro’.

AFP
Possível 'cai-cai' de Neymar passou a ser questionado pela imprensa espanhola

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade