Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Dado quer "apagar da história" derrota do Paraná para o América-RN

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

A derrota para o América-RN por 4 a 1, com uma atuação abaixo da crítica, deve render muitas conversas e trabalho pesado ao Paraná Clube, que perdeu sua posição no G-4 do da Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Dado Cavalcanti não escondeu a insatisfação com seu time e classificou como inadmissível a postura apática em campo.

“Pela proposta, pelos objetivos, pela seriedade e profissionalismo que tratamos a competição, sem sobra de dúvidas (é inadmissível). Sem demérito ao América-RN, é um jogo para apagar da história”, lamentou o treinador, que não encontrou nada para elogiar. “É um resultado que apaga qualquer tipo de esforço. Apaga a preparação. Apaga as orientações. Tomar o primeiro gol com três chutes do adversário... Indiscutivelmente nossa equipe foi muito falha”, emendou.

O técnico ainda viu o time sofrer um apagão após tomar os dois primeiros gols e não conseguir manter o ritmo do início da partida. “Tomamos o primeiro e logo em seguida o segundo, nem deu tempo de sentir a situação. Antes já tínhamos finalizado na trave, tivemos outras chances. Mas o resultado em si apaga tudo. Não tem como achar uma situação positiva. É um momento de retração, de olhar para o interior e fazer as mudanças necessárias”, avaliou.

E para estancar a perda de pontos, Dado já decidiu que mudanças profundas vão ocorrer para encarar o Ceará. “Não posso contar mentira e justificar derrota. Tivemos dificuldades em outros momentos, mas pelo menos conseguíamos no mínimo 50% dos pontos em uma semana. Agora estamos muito abaixo, é retrospecto de equipe na zona de rebaixamento. Todos os times evoluíram e o Paraná ficou para trás. Não vou colocar a cabeça de ninguém na bandeja, mas vou agir como treinador e fazer as mudanças”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade