Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Elias aparece como titular do Bota, mas Oswaldo não define quem sai

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Afastado desde a vitória de 3 a 1 sobre o Náutico, dia 9 de outubro, em Pernambuco, por conta de uma lesão na coxa direita, o atacante Elias treinou entre os titulares do Botafogo na manhã desta terça-feira, no campo anexo do Engenhão, e poderá ser a principal novidade do time que vai enfrentar o Goiás neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Serra Dourada, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador demonstrou muita desenvoltura e deverá ser utilizado contra os goianos.

Durante o treino, que foi todo tático, o técnico Oswaldo de Oliveira dividiu em grupos os jogadores. Poupado em parte das atividades por conta de um planejamento devido a sua idade, Seedorf trabalhou apenas na primeira metade das ações. Assim, ainda é complicado qualquer tipo de previsão sobre quem deixará a equipe para a entrada de Elias. Isso porque Gegê e Lodeiro, que são os cotados, permaneceram na atividade entre os titulares por conta da ausência do holandês.

Lodeiro foi barrado na vitória de 1 a 0 sobre o Atlético-MG, no sábado passado, mas entrou muito bem no decorrer do segundo tempo. Gegê está com moral com o treinador, mas pode ser preterido caso o uruguaio seja titular. Marcelo Mattos e Gabriel, que formam a dupla de volantes preferida de Oswaldo de Oliveira, estão assegurados na equipe.

Uma novidade na equipe será a saída do zagueiro Dória, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Atlético e terá que cumprir suspensão. Nesta terça-feira, André Bahia começou a vencer a disputa com Dankler pela posição e treinou entre os titulares. Assim, o time que treinou como titular nesta terça-feira teve: Jéfferson; Edílson, André Bahia, Bolívar e Júlio César; Marcelo Mattos, Gabriel, Gegê, Lodeiro e Rafael Marques; Elias. Por várias vezes Oswaldo parou o treino para corrigir erros de posicionamento.

“Estamos tentando aproveitar esse período de treinos para corrigirmos erros, melhorarmos o nosso desempenho fisicamente e chegarmos fortes para os jogos restantes. Precisamos de um grande aproveitamento para carimbarmos a vaga na Libertadores e não podemos deixar ela escapar. Daí o nosso empenho e dedicação ao longo dos treinamentos, pois não podemos pecar em campo. Teremos compromissos complicados, a começar por esse contra o Goiás, onde uma vitória poderia nos deixar em uma excelente condição para atingir o nosso objetivo. Temos mais alguns dias de trabalho e vamos aproveitá-los da melhor maneira possível”, disse o lateral-esquerdo Júlio César, autor do gol diante do Atlético-MG.

Nesta quarta-feira, o elenco vai trabalhar em tempo integral, já com Seedorf em campo e com Oswaldo dando sinais mais claros do que pretende fazer contra o Goiás. O duelo de domingo é estratégico na luta por uma vaga na Libertadores. Na vice-liderança, com 53 pontos, quatro a mais que os goianos, que estão na quinta posição, o Alvinegro, em caso de triunfo, vai abrir uma vantagem considerável na luta por uma vaga no torneio continental. O Botafogo não disputa a Libertadores desde 1996, quando foi eliminado pelo Grêmio nas oitavas de final.

Fora de campo, a diretoria fechou parceria com uma escola de futebol de Angola. A ideia é observar e poder aproveitar jovens talentos que apareçam no futebol do país africano, onde se fala a língua portuguesa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade