Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Em busca de técnico para 2014, Milan volta a fazer contato com Seedorf

Milão (Itália)

Prestes a voltar a Copa Libertadores da América depois de 17 anos de ausência, o Botafogo pode estar próximo de perder seu principal jogador para 2014. Segundo informações do jornal italiano Tuttosport, o Milan, ex-clube do meia Clarence Seedorf, teria voltado a fazer contatos com o holandês para que ele assuma o comando técnico do time no meio do ano que vem.

A publicação estampou a manchete Revolução Milane m sua capa do último sábado, e citou que Massimiliano Allegri, atual treinador rossonero, não permanecerá na equipe ao fim da temporada. Os maus resultados e um possível desgaste com os jogadores do atual elenco milanista seriam os principais motivos. Assim, Seedorf, ídolo recente do clube de San Siro, seria o mais cotado para substituí-lo.

O contrato do holandês com o Botafogo se encerra em junho do ano que vem, justamente no fim das disputas da temporada europeia. Vice-presidente do Milan, Adriano Galliani tem excelente relacionamento com Seedorf e veria o seu nome como o ideal para ser o treinador. O holandês já externou em algumas oportunidades o desejo de ser tornar técnico de futebol e vem fazendo um curso formador. Recentemente ele, inclusive, foi flagrado trabalhando com jovens do Boavista, do Rio de Janeiro.

Vale lembrar, porém, que, há cinco meses, a imprensa italiana anunciou que Seedorf deixaria o Botafogo naquele momento para já se transferir à Itália e assumir o comando técnico do Milan. Isto não aconteceu, e o holandês seguiu na equipe alvinegra, que, atualmente, é a terceira colocada no Campeonato Brasileiro. Contra o meia, ainda pesa uma recente experiência do clube rossonero com um ex-jogador. Em 2009, o ex-lateral brasileiro Leonardo, que era diretor do time de San Siro, virou treinador e não agradou aos dirigentes, transferindo para a rival Inter de Milão logo no ano seguinte.

Divulgação/Botafogo F. R.
Maior ídolo da história recente do Botafogo, Clarence Seedorf pode ser o treinador do Milan no ano que vem

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade