Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Em duelo direto com Bahia, São Paulo mira barreira dos 40 pontos

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Cada vez mais estável na luta contra a Série B, o São Paulo pode neste domingo alcançar a marca de 40 pontos e ficar a seis da meta estabelecida pela comissão técnica para se salvar em definitivo. Para isso, precisa vencer o Bahia, em confronto direto na parte de baixo da tabela, marcado para as 16 horas (de Brasília), em Salvador.

Invicto há quatro jogos (três vitórias e um empate), o time treinado por Muricy Ramalho soma um ponto a mais do que o adversário. Uma diferença mínima que dá ainda mais valor à partida, como avalia Rogério Ceni, ciente da dificuldade natural de visitar a equipe baiana.

"O Bahia disputa diretamente com a gente essa briga para fugir do rebaixamento. Por isso, temos que ir para lá e jogar pela vitória. Não tem outro resultado, mesmo sabendo que o Bahia é muito forte em seu estádio", diz o goleiro, ao destacar a importância da fronteira dos 40 pontos. "O lado psicológico conta muito. É que nem ir à loja e comprar (um produto) por R$ 39,90, e não por R$ 40".

Pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o São Paulo não terá Rodrigo Caio. O volante, que vem atuando como zagueiro - com liberdade para passar do meio-campo quando o time ataca -, recebeu o terceiro cartão amarelo e dará lugar a Paulo Miranda, que volta após suspensão. Quem também está de novo à disposição é Douglas. Muricy, no entanto, não confirmou se o lateral retorna à posição.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Na ausência de Luis Fabiano, Aloísio será mais uma vez o centroavante do São Paulo no Campeonato Brasileiro
O ataque não sofrerá alterações. Como Luis Fabiano será baixa pela quarta partida consecutiva, a décima ao todo na competição, Aloísio segue como centroavante, com a companhia de Ademilson. O artilheiro se recupera de contratura na coxa esquerda e só deve voltar a treinar a partir da próxima semana, de acordo com a comissão técnica.

Derrotado nas duas últimas rodadas, o Bahia se apoia na condição de mandante para tentar reagir. Depois do São Paulo, a equipe de Cristóvão Borges jogará em casa também contra Atlético-PR. "Temos que aproveitar o fator casa e somar pontos", cobrou.

Neste domingo, o treinador não poderá contar com Wallyson, atacante que foi emprestado pelo São Paulo e talvez nem tivesse condição física, já que foi substituído no meio de semana após reclamar de dores musculares. O substituto mais provável é Marquinhos Gabriel, alteração que Cristóvão realizou já no Maracanã, no revés para o Flamengo.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
BAHIA X SÃO PAULO

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 20 de outubro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Cleriston Clay (SE) e Pablo da Costa (MG)

BAHIA: Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Rafael Miranda e Hélder; Marquinhos Gabriel, William Barbio e Fernandão
Técnico: Cristóvão Borges

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi e Edson Silva; Douglas (Wellington), Denilson, Maicon, Ganso e Reinaldo; Ademilson e Aloísio
Técnico: Muricy Ramalho

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade