Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Em meio à crise, Ratão celebra primeiro gol como profissional

Campinas (SP)

A Ponte Preta está em situação delicada no Campeonato Brasileiro da Série A. Amargando a vice-lanterna da competição, com sete vitórias, cinco empates e 16 derrotas, a equipe campineira está com 90% de chance de rebaixamento, segundo cálculos do portal Infobola, e precisa de um aproveitamento que beira a perfeição para escapar da segundona. Porém, mesmo neste contexto instável, um jovem atacante vive um momento especial em sua carreira: Rafael Ratão, de 17 anos, que marcou seu primeiro gol como profissional na partida passada, a derrota da Macaca frente o Santos no Pacaembu pelo placar de 2 a 1.

Cria da base ponte-pretana, Rafael Rogério da Silva já disputou cinco jogos na elite nacional: quatro como reserva e um como titular, quando Jorginho enfrentou o Atlético-MG em Belo Horizonte com uma equipe mista. No último jogo da Macaca, Ratão entrou em campo no final da segunda etapa e precisou de apenas quatro minutos para balançar a rede santista. Após receber um grande passe do centroavante Leonardo, o jovem invadiu a área e finalizou com categoria, na saída do goleiro Aranha, para descontar em favor dos campineiros.

Na visão do jogador, a Ponte Preta realizou um bom início de jogo, quando criou grandes chances de gol, com as cabeçadas do zagueiro Ferron e as cobranças de falta de Fellipe Bastos. Porém, a queda de rendimento na etapa complementar foi determinante para o triunfo santista. Ademais, Ratão declarou ser o primeiro de muitos gols com o manto alvinegro.

O próximo compromisso da equipe de Campinas na Série A será nesta quarta-feira, quando recebe o Coritiba no estádio Moisés Lucarelli. A partida, que começa às 21 horas, representa um confronto direto contra o rebaixamento, visto que o alviverde paranaense ocupa a 16ª colocação, a primeira fora da degola, com oito pontos a mais que a Macaca.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade