Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Em momentos opostos, Inter e Fluminense duelam em Caxias do Sul

Vicente Fonseca e Gazeta Press Porto Alegre (RS)

Se no primeiro turno o Fluminense estava em crise quando recebeu o então ascendente Internacional, agora a situação se inverte: é o Colorado, que acaba de demitir o técnico Dunga, que vem em mau momento no Brasileirão, contra um Tricolor que não perde há oito partidas. Apesar destes desequilíbrios momentâneos, o jogo deste domingo, em Caxias do Sul, é um confronto entre duas equipes que estão rigorosamente empatadas na tabela, com 34 pontos.

No turno, o Inter teve uma de suas melhores atuações no Brasileirão justamente diante do Flu, em Macaé, quando venceu por 3 a 2, em grande atuação de D’Alessandro e Forlán. Foi exatamente na mesma Macaé, porém, que nesta quinta o Colorado viveu o ponto final da Era Dunga: levou 3 a 1 do Vasco, em uma péssima atuação, caindo para a 10ª colocação no Campeonato Brasileiro.

O resultado diante dos cruz-maltinos acendeu um alerta no Inter. Segundo o capitão D’Alessandro, a hora é de repensar os objetivos da equipe no campeonato: “Complicado, a fase é difícil, ruim. Temos que estar conscientes de que agora começou outro campeonato. Temos que tirar pontos, conseguir a maior quantidade de pontos possível para tirar o time dessa situação difícil. Temos que ser humildes e reconhecer. Hoje deu um “clic” para o Inter, o campeonato foi embora”, afirmou o argentino.

Para a partida deste final de semana, a equipe rubra deve ser comandada por Clemer, ex-goleiro campeão do mundo com o Inter, agora um técnico vitorioso comandando as equipes de base do clube. O interino não poderá contar com o zagueiro Juan, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Jacksondeve ser o titular da função ao lado de Índio. Outras mudanças ocorrem por opção técnica: Fabrício e Leandro Damião, reservas nos últimos dias de Dunga, voltam ao time nas vagas de Kleber e Caio.

Arte GE.Net
Pelo lado do Fluminense, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem muitos problemas com desfalques. Diego Cavalieri, Gum, Carlinhos e Felipe estão fora. As boas notícias são os retornos de Bruno e Wagner. Após o empate com o Botafogo, os tricolores seguem em uma sequência sem derrotas e miram o G-4 do Campeonato Brasileiro. No entanto, o zagueiro Leandro Euzébio descartou qualquer possibilidade de ter vida fácil no Sul. Para o jogador, o Internacional vai com tudo em busca dos três pontos para acabar com a má fase.

"Sabemos que vamos encontrar diversas dificuldades em Caxias do Sul. O Internacional está precisando do resultado e sem dúvida vai querer ganhar a qualquer preço. Por isso, creio que vão vir para cima. Quando enfrentamos um adversário desses, temos de estar organizados na parte defensiva e meio de campo para sair no contra-ataque e buscar a vitória", disse.

Luxemburgo ainda term duas dúvidas na equipe. Sem Diego Cavalieri, que vai servir a Seleção Brasileira, Kléver e o recém-contratado Felipe Garcia brigam pelo posto de titular. Já no meio, Fábio Braga e Diguinho disputam uma posição. Além deles, Rhayner corre por fora caso o técnico tricolor opte por uma formação mais ofensiva. Leandro Euzébio ressaltou as dificuldade de se atuar com uma equipe com muitos desfalques.

"Já deu para perceber como é complicado jogar com tantos desfalques no começo do ano, quando também perdemos vários jogadores. Para esse jogo, perdemos outros por diversas razões. É um prejuízo enorme porque o Luxemburgo nunca tem a equipe ideal em campo", declarou.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X FLUMINENSE

Local: estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 6 de outubro de 2013, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Assistentes: Marcio Eustaquio Santiago (MG) e Rogerio Pablos Zanardo (SP)

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Índio, Jackson e Fabrício; Ygor, Willians, Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Leandro Damião
Técnico: Clemer (interino)

FLUMINENSE: Kléver (Felipe Garcia); Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Igor Julião; Fábio Braga (Diguinho ou Rhayner), Rafinha, Jean e Wágner; Biro Biro e Rafael Sobis
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade