Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Em seu último clássico, Ceni tenta salvar ano trágico contra rival

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Maior ídolo da geração atual de são-paulinos, Rogério Ceni faz neste domingo, contra o Corinthians, seu último clássico com a camisa tricolor - a não ser que desista da aposentadoria no fim do ano. Vencer a partida no Morumbi significaria fechar em alta um retrospecto trágico de confrontos com o arquirrival em 2013.

O goleiro foi talvez o jogador que mais sofreu com as três derrotas e os dois empates nos primeiros encontros, os quais incluíram lesão, polêmica, eliminação na semifinal do Campeonato Paulista e o vice da Recopa Sul-americana.

Desfalque na vitória de quarta-feira sobre o Cruzeiro por conta de suspensão, ele retoma a posição (ocupada momentaneamente pelo reserva Denis) e a braçadeira de capitão (usada pelo volante Wellington) ainda mais motivado e, aos 40 anos, é um reforço técnico e de liderança muito comemorado pelo elenco e o técnico Muricy Ramalho.

"Ele é importante sempre, não só na volta de um clássico. Sua presença sempre é importante, como foi na quarta-feira, quando se propôs a ir a Belo Horizonte pagando a viagem do próprio bolso. Ele esteve no hotel, na preleção, no vestiário. É o tipo de sacrifício que ele faz para tentar ajudar de alguma forma", disse o treinador.

Arte GE.Net sobre fotos de Fernando Dantas e Sergio Barzaghi
Cinco confrontos anteriores contra o Corinthians nesta temporada não trazem boas lembranças ao goleiro
RELEMBRE COMO FORAM OS CINCO CLÁSSICOS ANTERIORES:

Lesão no pé direito
31/03 - São Paulo 1 x 2 Corinthians - Campeonato Paulista
No primeiro confronto do ano, o goleiro cometeu pênalti em Alexandre Pato ao chegar atrasado em uma dividida. O lance lesionou seu pé direito, motivo pelo qual se ausentou de algumas partidas em seguida, dando prioridade a tratamento para disputar a Copa Libertadores.

Eliminação precoce
05/05 - São Paulo 0 (3) x (4) 0 Corinthians - Campeonato Paulista
Depois de um empate sem gols no tempo regulamentar, caiu nos pênaltis. A última cobrança gerou polêmica porque ele se adiantou para espalmar a bola chutada por Alexandre Pato. O árbitro anulou a defesa, e o atacante converteu a segunda tentativa, classificando o Corinthians para a final.

Gol de cobertura
03/07 - São Paulo 1 x 2 Corinthians - Recopa Sul-americana
O São Paulo havia buscado empate no jogo de ida da decisão, depois de sofrer gol de Guerrero, mas acabou derrotado no Morumbi com um golaço de Renato Augusto. O meia notou o goleiro adiantado e bateu da intermediária para encobri-lo.

Vice-campeonato
17/07 - Corinthians 2 x 0 São Paulo - Recopa Sul-americana
Na partida de volta do tira-teima continental, sofreu gols de Romarinho e Danilo e perdeu o título. Ao final da partida, ele e os demais são-paulinos desceram para o vestiário do Pacaembu e não participaram da premiação da Conmebol.

Zona de rebaixamento
28/07 - Corinthians 0 x 0 São Paulo - Campeonato Brasileiro
O clássico mais recente foi o mais equilibrado, mas não menos doloroso. Um empate sem gols no Pacaembu colocou o São Paulo, à época ainda treinado por Paulo Autuori, definitivamente na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, às vésperas de sua excursão pelo exterior.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade