Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Motivado, mas sem Walter, Goiás pega Náutico, que pode cair nesta rodada

São Lourenço da Mata (PE)

Em grande momento na Copa do Brasil e sem perder há cinco jogos no Campeonato Brasileiro, o Goiás pode ter uma incômoda missão neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Enfrenta o Náutico, que soma cinco derrotas consecutivas, fora de casa, podendo definir o rebaixamento do Timbu à segunda divisão nacional já nesta 31ª rodada.

Para isto, porém, é necessária uma combinação de resultados. Basta vitórias de Portuguesa, que enfrenta o Flamengo, dentro de casa, às 16 horas (de Brasília), Bahia (no mesmo horário, contra o Alético-PR, na Fonte Nova), Fluminense (diante do Vitória, no Maracanã) e Coritiba (sobre o Grêmio, no Couto Pereira). Estes últimos dois jogos serão disputados simultaneamente ao do Náutico, que, além destes placares, precisaria ser derrotado pelo Goiás para finalizar a rodada rebaixado à Série B.

A partida deste domingo, no entanto, terá duas equipes desfiguradas na Arena Pernambuco. O Goiás, semifinalista da Copa do Brasil, poupará seus principais titulares visando ao confronto decisivo diante do Flamengo, quarta-feira, no Serra Dourada. Artilheiro do Esmeraldino no Brasileirão, o atacante Walter, por exemplo, já é ausência certa neste domingo. Ele sentiu uma lesão na coxa durante o jogo contra o Vasco, na última quinta-feira, e sequer viajou para Pernambuco.

“Para domingo, já sabemos que não há chance de o Walter jogar. Não tem a mínima condição. Ele se recupera muito rápido, mas o tempo é muito escasso, só uma semana para se tratar. Vamos aguardar. Ele deve passar por exames, por uma avaliação mais criteriosa, até porque teve corte na cabeça, mas ainda é prematura uma avaliação”, explicou o técnico Enderson Moreira, que também não escalará Vítor, William Matheus, Rodrigo, David, Eduardo Sasha, Roni e Hugo no Nordeste.

Pelo lado do Náutico, o treinador Marcelo Martelotte já revelou que escalará um time composto por jogadores da equipe Sub-20. Como o rebaixamento é apenas questão de tempo, o comandante do Timbu pretende testar os jovens jogadores nesta reta final de Brasileirão para saber com quais poderá contar no ano que vem.

“Vai ser uma oportunidade boa para esses meninos entrarem. Um dia eu comecei assim e, independente da forma como ela aparece, a gente tem que estar motivado e feliz”, comentou o goleiro Ricardo Berna. Eles têm trocado ideia e procurado observar os colegas de posição. O que podemos fazer é passar nossa experiência conversando, para que eles se preparem bem. O resto é por conta da capacidade deles”, acrescentou o arqueiro.

Com equipes desfiguradas e recheadas de reservas, Goiás e Náutico se enfrentam neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em caso de vitória do Esmeraldino e triunfos de Portuguesa, Bahia, Fluminense e Coritiba, o Timbu estará matematicamente rebaixado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO X GOIÁS

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Data: 27 de outubro de 2013 (domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Neuza Ines Back (SC) e Edina Alves Batista (PR)

NÁUTICO: Gideão (Ricardo Berna); Maranhão, João Filipe, Diego e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez, Helder e Marcos Vinícius; Maikon Leite e Olivera.
Técnico: Marcelo Martelotte.

GOIÁS: Renan, Clayton Sales (Mário Sérgio), Ernando, Valmir Lucas e Eron ; Amaral, Dudu Cearense (Yuri), Ramon, Renan Oliveira e Thiago Mendes (Tartá); Júnior Viçosa (Wellinton Júnior).
Técnico: Enderson Moreira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade