Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Estátua que retrata cabeçada de Zidane em Materazzi é instalada no Catar

Doha (Catar)

Nem sempre os lances imortalizados pelo futebol representam bons momentos. Prova disto é que a cabeçada acertada pelo craque francês Zinedine Zidane no peito do zagueiro italiano Marco Materazzi, durante a final da Copa do Mundo de 2006, virou estátua. E ela, que antes estava em Paris, na França, foi instalada nesta sexta-feira em Doha, no Catar.

Intitulada “Coup de Tête” (tiro de cabeça, em português), a obra foi esculpida pelo artista franco-argelino Adel Abdessemed e possui cinco metros de altura. Ela estava exposta em frente ao museu de arte moderna Centro Pompidou, em Paris, e foi comprada pelo QMA, órgão de museus do Catar fundado em 2005 pelo sheik Hamad bin Khalifa Al Thani, ex-emir do país.

AFP
Operários instalam estátua de cinco metros na cidade do Catar; Obra estava em exposição em Paris

Ela foi instalada em Corniche, na baía de Doha, e ficará em exposição por tempo indeterminado. A estátua causou polêmica na França, e dirigentes das federações regionais do país chegaram a assinar uma carta pedindo a remoção da peça.

O lance representado pela escultura aconteceu durante a final da Copa do Mundo de 2006, disputada por França e Itália, em Berlim, na Alemanha. Zidane foi provocado por Materazzi aos cinco minutos da prorrogação e acertou uma cabeçada no peito do zagueiro. O capitão francês, que já havia marcado um gol de pênalti na grande decisão, foi expulso e viu, dos vestiários, a sua seleção amargar o vice-campeonato mundial. Aquela seria a última partida oficial da gloriosa carreira do camisa 10.

AFP
Zidane agrediu Materazzi na prorrogação da final da Copa do Mundo de 2006 e foi expulso

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade