Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Federação cogita Paulista de 2015 com quatro grupos, diz jornal

São Paulo (SP)

As reclamações dos jogadores profissionais que, recentemente, criaram o grupo “Bom Senso F.C”, para reivindicar melhorias no calendário do futebol brasileiro, podem estar rendendo os seus primeiros frutos. Principal torneio estadual do Brasil, o Campeonato Paulista deve ter profundas mudanças em seu regulamento nos próximos anos. As informações são do jornal A Folha de São Paulo.

De acordo com a publicação, a Federação Paulista de Futebol (FPF) cogita um Estadual em formato de grupos a partir de 2015. As equipes seriam dividas em quatro chaves, e os grandes clubes (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos) encabeçariam cada um dos grupos. Ainda segundo o diário, os demais integrantes de cada chave seriam definidos por sorteio, e não por critério técnico. O objetivo é enxugar o calendário dos clubes e diminuir o número de datas destinadas ao Campeonatos Estadual.

Já para 2014, o presidente da FPF, Marco Polo del Nero, espera até o final do ano para divulgar possíveis mudanças. De acordo com o periódico, ele acredita ser possível adiar o início da competição para o dia 19 de janeiro. Inicialmente, a programação da CBF prevê o começo dos estaduais do ano que vem no dia 12.

As prováveis modificações no regulamento do Campeonato Paulista surgem após a participação de Marco Polo del Nero em reunião com os líderes do grupo “Bom Senso FC”, no último dia 7. Os principais pedidos dos atletas são a redução do número de partidas por ano, o aumento de dias de férias e pré-temporada, e a criação uma espécie de fair-play financeiro, que garante um maior equilíbrio econômico entre os clubes.

Recentemente, foram aprovadas mudanças no Campeonato Carioca, que passará a ser disputado em turno único, com semifinais e final. O agravamento do calendário do ano que vem é a disputa da Copa do Mundo, que paralisará os campeonatos nacionais por 45 dias. Apesar disto, as modificações no regulamento do Campeonato Paullsita só devem ocorrer a partir de 2015.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade