Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Felipão nega irritação com Diego Costa, mas esbraveja e levanta

Rio de Janeiro (SP)

Minutos antes da coletiva de imprensa do técnico Felipão começar, o diretor de comunicações da CBF, Rodrigo Paiva, foi bem claro: “O assunto Diego Costa está encerrado”. Mesmo assim, as polêmicas em volta da “desconvocação” do atacante continuaram na manhã desta quinta-feira, em hotel no Rio de Janeiro.

Mesmo relacionado para os amistosos da Seleção Brasileira contra Honduras e Chile, em novembro, o jogador do Atlético de Madrid acabou escolhendo a seleção da Espanha, já que tem dupla cidadania. A decisão teria irritado a CBF e o próprio Felipão, que acabou desconvocando o atleta.

Felipão acabou sendo perguntado sobre a relação entre este fato e a sua passagem por Portugal. Ele, inclusive, defendeu as naturalizações do zagueiro Pepe e do meia Deco, que, nascidos brasileiros, acabaram defendendo o time rubro-verde.

“Não tem relação nenhuma”, esbravejou, antes de se irritar com o jornalista que o questionou sobre a raiva com a decisão de Diego Costa. “Só desconvoquei, que é a minha função. Vocês não têm que julgar minhas imagens, mas sim minhas palavras. A pergunta é ridícula”, disse.

Então, Felipão levantou e quase deixou o local, mas voltou a se sentar rapidamente para responder as últimas perguntas. Lucas e Alexandre Pato, que ficaram de fora da lista, e até o gordinho Walter foram ignorados pelo treinador, que nunca fala sobre nomes não-convocados.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade