Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Felipão viajará a Madri para conversar com Diego Costa, diz jornal

Madri (Espanha)

A disputa entre Brasil e Espanha pela convocação de Diego Costa parece estar longe do fim. Mesmo após o atacante do Atlético de Madrid ter admitido o desejo de atuar pelos atuais campeões mundiais, a Seleção Brasileira não teria desistido de contar com o artilheiro do Campeonato Espanhol em suas próximas partidas. De acordo com informações publicadas pelo jornal As nesta quinta-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari viajará a Madri, capital da Espanha, em breve para conversar com o jogador e convencê-lo a defender o Brasil.

O treinador, aliás, foi o primeiro a convocar Diego Costa para o selecionado nacional. Ele chamou o centroavante para os amistosos contra Itália e Rússia, na Suíça e Inglaterra, respectivamente, e colocou-o em campo no segundo tempo das duas partidas. Na ocasião, foi criticado por parte da torcida brasileira pela convocação de um jogador até então desconhecido do grande público, mas agora vem sendo cobrado pela sua ausência nas últimas listas.

Diego Costa passou a ser ‘desejado’ pela seleção espanhola a partir do último mês, quando se estabeleceu como o principal destaque do Atlético de Madrid no Campeonato Espanhol deste ano. A Real Federação de Futebol Espanhola (RFEF) enviou um pedido à Fifa, requisitando a liberação para o atacante atuar por La Roja. O artilheiro da competição nacional, então, começou a ser ‘objeto de disputa’ entre Brasil e Espanha.

Divulgação/Mowa Sports
Segundo jornal espanhol, Felipão embarcará para Madri a fim de dar mais uma chance a Diego Costa na Seleção

A Confederação Brasileira de Futebol foi à Fifa interceder contra o caso, afirmando que Diego já vestiu a camisa verde e amarela em amistosos diante de Itália e Rússia, ainda neste ano. A RFEF, por sua vez, usou o argumento (válido) de que o atacante não atuou pelo Brasil em partidas oficiais.

A entidade máxima do futebol mundial, então, encaminhou o caso para um painel especial e pediu uma liberação oficial por parte da CBF para agilizar o processo e liberar Diego Costa para a seleção espanhola. De acordo com o As, porém, o atacante ainda não manifestou sua vontade de defender a Espanha junto à Fifa.

A federação do país europeu tem pressa em regularizar Diego Costa para poder contar com o brasileiro nos amistosos que realizará em novembro, penúltimo dia de jogos oficiais da Fifa antes da Copa do Mundo de 2014. As últimas partidas de preparação para o Mundial serão realizadas em maio.

Divulgação/Mowa Sports
Diego Costa defendeu a Seleção Brasileira em março deste ano; Atacante ainda estaria nos planos de Felipão

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade