Futebol/Brasileiro Série A - ( )

Fellipe Bastos confiante na Ponte que vai encarar o Vélez

Campinas (SP)

O meia Fellipe Bastos está confiante na Ponte Preta contra o Vélez Sarsfield, pelo jogo de ida das quartas da Copa Sul-americana, na quinta-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 20h15 (de Brasília). O jogador, em entrevista ao site oficial, espera que os campineiros não tomem gols jogando em casa, já que isso foi essencial para passar de fase no confronto contra o Deportivo Pasto.

“Vamos entrar em campo buscando vencer e, de preferência, sem sofrer gols. Nós vimos contra o Pasto a importância de não ter sofrido gols em casa e isso pode fazer a diferença novamente. Vamos jogar em casa, com o apoio da nossa torcida que vai comparecer e tenho certeza que será um grande jogo”, acredita Fellipe Bastos.

Ele também imagina como será a catimba dos argentinos. “Eu já joguei contra a seleção argentina em um Sul-americano sub-17 e contra o Lanús pela Libertadores. São jogos catimbados e eles tentam amarrar o jogo fora casa para irritar o adversário. Eles têm esse dom de saber irritar o outro, ainda mais o brasileiro. Vamos para o jogo sabendo o que precisamos fazer. Não podemos cair nas provocações deles, mas também não precisa comer o cuspe deles que nem o Roberto disse na Colômbia”, brinca o meio-campo.

O fato histórico de estar nas quartas de final da Copa Sul-americana não tira o foco dos ponte-pretanos no Brasileirão, campeonato onde os paulistas estão na zona de rebaixamento. Fellipe Bastos acredita que disputar duas competições não afeta o rendimento dos jogadores “Não atrapalha não, pelo contrário. A classificação diante do Pasto nos deu motivação no jogo contra o Vasco e fomos buscar o empate já tarde e a virada aos 44. É lógico que priorizamos mais o Brasileiro para não cairmos, e vamos tentar ir até onde der na Sul-Americana. Sabemos que um título lá depende só de nós e estamos sonhando”, sentencia Bastos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade