Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Fluminense desafia o líder Cruzeiro no Mineirão

Wanderson Lima e Gazeta Press Belo Horizonte (MG)

Em um tradicional clássico do país o Fluminense desafia o líder Cruzeiro nesta quarta-feira, às 19h30(de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), em confronto válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vencer é fundamental para as duas equipes, que buscam o triunfo por objetivos diferentes.

O Tricolor não ganha há quatro partidas, ficou no 1 a 1 com o Grêmio no fim de semana e, estacionado nos 35 pontos, começa a flertar perigosamente com a zona de rebaixamento. Já a Raposa tem metas bem mais nobres e hoje lidera a competição com 59 pontos, exatamente dez a mais que o Botafogo e o Grêmio, seus perseguidores mais diretos. Porém, perdeu as duas últimas partidas, sendo a mais recente de 1 a 0 para o rival Atlético-MG. Os tropeços começam a gerar um clima de preocupação entre os torcedores.

Tranquilidade, na visão dos dois treinadores, deverá ser a principal arma para se buscar a vitória na partida desta quarta-feira. Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro, entende que é preciso os jogadores entenderem que a Raposa ainda depende das próprias forças.

“Acredito que não há motivo para pânico, pois temos plenas condições nestas dez rodadas restantes de conquistarmos o título. Para isso, porém, é de suma importância que a nossa equipe tenha tranquilidade. Se ganharmos os jogos que faltam em casa tenho convicção de que vamos ser campeões e, dessa maneira, é preciso uma mobilização de final contra o Fluminense”, disse Marcelo.

Vanderlei Luxemburgo, comandante do Fluminense, também quer seus jogadores tranquilos e evocou para o apelido de "Time de Guerreiros", dado pelos torcedores, para motivar seu grupo.

“Eu estou tranquilo em relação ao potencial dos meus jogadores e orgulhoso do fato deles não desistirem nunca do jogo. O apelido de time de guerreiros, que foi dado pela torcida, é merecido. Sei que ainda podemos passar por muitas dificuldades nesta reta final de Campeonato Brasileiro, onde o nível de exigência só vai aumentar. Mas mesmo vindo de maus resultados estou confiante, pois perdemos os últimos jogos tendo maior domínio e criando bem mais perigo do que o nosso adversário. Confio em todos aqui e sendo guerreiros contra o Cruzeiro podemos buscar um bom resultado”, afirmou Vanderlei Luxemburgo.

Se todos pregam a tranquilidade para vencer, alguns jogadores reconhecem que o psicológico precisa ser controlado. “Após duas derrotas consecutivas o lado psicológico acaba tendo um peso importante e precisamos controlá-lo. Sabemos que a pressão vai aumentar um pouco, pois ainda não tínhamos vivido esta situação neste Campeonato Brasileiro. Mas estamos procurando nos recuperar da melhor maneira possível para fazermos uma grande partida diante do Fluminense”, analisou o lateral direito Ceará.

Na visão dos tricolores, o lado psicológico realmente precisa ser bem administrado, mas pode ser usado a favor dos cariocas, desde que eles acreditem que é possível vencer o Cruzeiro. “Estamos cientes de que enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro, time mais regular da competição, na casa dele, é algo muito complicado. Mas, temos que acreditar que podemos conquistar a vitória e algumas exibições nossas mostram que é possível. Um triunfo vai mudar a nossa realidade na competição e dar mais confiança para a reta final”, disse o volante Edinho.

Para este compromisso Vanderlei Luxemburgo perdeu o volante Diguinho, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio, e o atacante Biro-Biro, expulso no mesmo jogo. Fábio Braga é a opção para o meio-de-campo, enquanto que Rhayner é o mais cotado para entrar no ataque. A boa notícia fica por conta do retorno do zagueiro Leandro Euzébio, que cumpriu suspensão diante dos gremistas e reaparece na vaga de Anderson. Kléver segue no gol porque Diego Cavalieri perderá mais uma partida estando à serviço da Seleção Brasileira em amistosos internacionais na Ásia.

Pelo lado do Cruzeiro, Marcelo Oliveira ameaça fazer mudanças para tentar melhorar fisicamente o time, mas não adiantou nada e escondeu a escalação. A tendência é que, sem problemas de suspensão, mantenha a formação de domingo. O time segue sem contar com Dedé, também com a Seleção Brasileira na Ásia. Assim, a zaga será composta novamente por Leo e Bruno Rodrigo.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), e naquela ocasião o Tricolor levou a melhor, ganhando por 1 a 0. O único gol do duelo foi anotado pelo atacante Fred, hoje lesionado e que naquela ocasião ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti. O confronto marcou a estreia de Vanderlei Luxemburgo no comando do time carioca.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO-MG X FLUMINENSE-RJ

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 16 de outubro de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Nadine Bastos (SC)

CRUZEIRO: Fábio, Ceará, Leo, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Ricardo Goulart e Everton Ribeiro; Willian e Borges
Técnico: Marcelo Oliveira

FLUMINENSE: Kléver, Gum, Edinho e Leandro Euzébio; Bruno, Fábio Braga, Jean, Wágner e Rafinha; Rhayner e Rafael Sobis
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade