Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Celso Barros nega demissão de Vanderlei Luxemburgo

Rio de Janeiro (RJ)

A decisão de manter o técnico Vanderlei Luxemburgo até o clássico, que tinha sido tomada nesta terça-feira, mais cedo, foi confirmada pelo presidente da Unimed, Celso Barros, que nega a demissão. A informação de que o treinador havia caído chegou a ser veiculada mais cedo pela Rádio Tupi.

O clima nas Laranjeiras esquentou após a derrota para o Vitória, por 3 a 2, na última rodada, em pleno Maracanã. Pior: o time vinha de uma série de sete jogos sem vitória e está a apenas três pontos da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mas, por enquanto, Luxemburgo está mantido no cargo.

Os nomes cotados para assumir a vaga em caso de saída de Luxemburgo são os de Dorival Júnior, Jorginho, Marquinhos Santos e Celso Roth.

Nelson Perez/Fluminense FC
O técnico Wanderley Luxemburgo segue seriamente ameaçado no comando do Fluminense

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade