Futebol/Eliminatórias Europeias - ( - Atualizado )

Franceses celebram evitar Portugal e citam bom retrospecto contra Ucrânia

Zurique (Suíça)

Quatro anos depois de suar e contar com um erro de arbitragem para eliminar a Irlanda e garantir vaga na Copa do Mundo de 2010, a França voltará a decidir a partida de volta da repescagem das Eliminatórias Europeias para o Mundial dentro de seus domínios. O adversário deste ano, porém, será a Ucrânia, rival muito conhecido e que traz boas recordações aos Bleus.

Em sete confrontos na história, os franceses possuem quatro vitórias e três empates. O último jogo, realizado em Donestk, pela primeira fase da Eurocopa de 2012, acabou com triunfo dos campeões mundiais de 1998 por 2 a 0, em uma partida marcada pela forte chuva.

Apesar deste bom retrospecto, o treinador da seleção francesa, Didier Deschamps, não escondeu a preocupação por este duelo decisivo com os ucranianos, ausentes do último Mundial, mas eliminados somente nas quartas de final em 2006. Não vai ser fácil. Eles estão invictos há sete jogos e concedem poucos gols por partida. Será um longo caminho para nós”, declarou o comandante.

Deschamps, no entanto, comemorou o fato de poder decidir a vaga na repescagem dentro de casa. Apesar de não terem sido cabeças de chave no evento desta segunda-feira, em Zurique, na Suíça, os franceses conseguiram tal vantagem graças ao regulamento da sorteio, que não previa privilégios aos integrantes do Pote 1.

“É uma grande coisa poder jogar a segunda partida em casa. Nós possuimos confiança em nós mesmos, mas temos que respeitar nosso adversário, que dará tudo para conseguiu uma vaga na Copa”, disse o treinador.

AFP
Franceses demonstraram otimisto para enfrentar Ucrânia na repescagem europeia para a Copa (foto: FABRICE COFFRINI)
Para o atacante do Arsenal Olivier Giroud, porém, a França deve comemorar por outro motivo: Ter escapado de um confronto decisivo e valendo vaga na Copa diante de Portugal. Isto seria possível, uma vez que os lusos ocuparam o Pote 1 do sorteio, enquanto os franceses ficaram no segundo grupo. No fim, a seleção de Cristiano Ronaldo terá de enfrentar a Suécia de Zlatan Ibrahimovic.

“Honestamente, eu estava preferindo evitar Portugal. Isto aconteceu, então está tudo bem. Nós conhecemos a Ucrânia; Enfrentamos eles muitas vezes e conseguimos uma boa vitória na Euro-2012”, disse Giroud, antes de acrescentar: “Mas nós temos que ter muitos cuidados, porque eles têm uma geração de bons jogadores”.

Além de França x Ucrânia e Portugal x Suécia, o sorteio desta segunda-feira ainda definiu os jogos Islândia x Croácia, e Grécia x Romênia. As partidas da repescagem, que serão disputadas em 15 e 19 de novembro, darão as últimas quatro vagas do Velho Continente para a competição a ser disputada no Brasil a partir de junho do ano que vem. Até aqui, nove seleções da Europa já se garantiram no torneio da Fifa: Espanha, Itália, Holanda, Alemanha, Rússia, Bósnia-Herzegovina, Suíça, Bélgica e Inglaterra.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade