Futebol/Copa da Liga Inglesa - ( - Atualizado )

Friedel faz gol contra, mas se redime nos pênaltis e classifica o Tottenham

Londres (Inglaterra)

Com um time misto, o Tottenham sofreu para garantir vaga nas quartas de final da Copa da Liga Inglesa. Nesta quarta-feira, a equipe precisou das penalidades máximas para passar pelo modesto Hull City, após empate em 2 a 2 no tempo normal.

O grande personagem do jogo no White Hart Lane foi o experiente goleiro norte-americano Brad Friedel. Após dominar o primeiro tempo e abrir o placar com golaço no ângulo de Sigurdsson, o Tottenham acabou tomando empate em falha do substituto de Lloris.

Aos oito minutos do segundo tempo, Elmohamady apareceu livre na pequena área após boa troca de passes do Hull. O meia, no entanto, acabou errando o alvo e tocou a bola para trás. Atrapalhado, Friedel se jogou para evitar o gol e acabou socando a bola contra o próprio patrimônio.

AFP
Friedel observa bola dentro do próprio gol após falhar e socar a bola contra seu patrimônio
O lance abalou o Tottenham, que não conseguiu decidir a partida nos 90 minutos regulamentares. Sem brilho, o time da casa acabou sofrendo a virada aos nove minutos do primeiro tempo de cabeça, quando Boyd cobrou escanteio e Paul McShane apareceu livre para cabecear forte.

A fim de evitar um vexame diante de sua torcida, o Tottenham partiu para cima e chegou ao empate. Aos três minutos do segundo tempo extra, Harry Kane arriscou de canhota de fora da área e surpreendeu o goleiro Jakupovic.

Com o empate na prorrogação, a partida foi decidida apenas nas penalidades máximas. Utilizando toda sua experiência, Friedel recuperou-se do erro no primeiro gol logo na primeira cobrança, quando encaixou chute rasteiro de Aaron McLehan.

A defesa de Jakupovic na cobrança de Lamela, no entanto, deixou tudo igual novamente. Após uma sequência de bons chutes, entre eles o do brasileiro Paulinho, Friedel vingou-se de Elmohamady na nona cobrança do Hull, garantindo a vitória por 7 a 6 nas penalidades e a vaga nas quartas de final.

AFP
Goleiro foi de vilão a herói ao defender duas cobranças nas penalidades máximas
Manchester City decide nos acréscimos

Após um zero a zero morno no tempo normal, com os mandantes melhores no primeiro tempo e os visitantes mais perigosos no segundo, o Manchester City contou com início fulminante na prorrogação para bater o Newcastle por 2 a 0 e garantir vaga nas quartas de final da Copa da Liga Inglesa.

Os dois gols no Saint James Park foram marcados na primeira etapa do tempo extra. Aos 9, Negredo se antecipou à marcação e concluiu passe rasteiro de Dzeko para o fundo das redes. Seis minutos depois, o Bósnio mataria o jogo com belo gol, driblando o goleiro Krul após bela troca de passes.

AFP
Negredo e Dzeko marcaram na prorrogação e foram os heróis da classificação do City

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade