Futebol/Copa do Brasil - ( )

Furacão recebe o Internacional com vantagem para buscar vaga

Dos correspondentes Vicente Fonseca e Luiz F. Fagundes Curitiba (PR)

Jogando em casa e com a vantagem de poder empatar sem gols e ainda assim se classificar para a próxima fase da Copa do Brasil 2013, o Atlético Paranaense recebe nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), o Internacional, na Vila Capanema. Para o Colorado, que faz uma campanha irregular no Brasileirão, esta deve ser a principal chance de chegar à Libertadores da América e o clima é de decisão.

Com uma queda de produção nas últimas semanas, o técnico Vagner Mancini detectou que a maratona de jogos pode ter finalmente atingido a equipe rubro-negra fisicamente, minimizando o principal trunfo do time sua surpreendente campanha. Por isso poupou alguns titulares na derrota para o Goiás, no final de semana, em busca de reencontrar o bom futebol, especialmente no segundo tempo, para garantir sua vaga de olho na Libertadores e no título inédito para o clube.

O treinador ainda terá que superar quatro ausências para escalar o time. O volante Bruno Silva e o atacante Roger, que já atuaram na competição por outros times, além do volante João Paulo e do meia espanhol Frán Mérida, suspensos, não estarão à disposição. Em compensação, o maestro Paulo Baier, o atacante Éderson, o volante Deivid e o meia Zezinho reaparecem na equipe titular.

Divulgação/C. Atlético Paranaense
De contrato renovado, Paulo Baier volta ao time titular e é a esperança do Furacão por um lugar na semifinal

Após três semanas no comando do Inter, o técnico Clemer terá a chance de repetir pela primeira vez a escalação da equipe de um jogo para o outro. O Colorado será o mesmo que começou o Gre-Nal do último domingo. O esquema será o 4-2-3-1, com Jorge Henrique centralizado, D’Alessandro caindo pela direita e Otávio pela esquerda. Os três têm a missão de encostar no centroavante Leandro Damião.

Com isso, nomes como Alex, Scocco e Forlán ficarão no banco de reservas na partida desta quarta-feira. O zagueiro Índio está em fase final de recuperação de lesão, e seguirá em Porto Alegre. O mesmo vale para o volante Josimar. Ygor, com tendinite no joelho, só volta ao time em 2014. Quem novamente ficará à disposição é o lateral Fabrício, que também pode atuar como meia. Ele será opção no banco de Clemer.

Praticamente sem chances de G-4 no Brasileirão (a equipe está a 8 pontos do Botafogo, em 9º lugar), o Inter foca todas as suas forças na Copa do Brasil, última chance de conquista de um grande título de 2013. “A Copa do Brasil está mais perto, são cinco jogos para conquistarmos o nosso objetivo. Quarta-feira é uma final para nós, é tudo ou nada”, afirmou o zagueiro Juan, dando, pela primeira vez, um discurso de prioridade de competições no Inter em 2013.

Após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, o Internacional realizou um treinamento de cobranças de pênalti nesta terça-feira. D’Alessandro, Juan, Kleber, Jorge Henrique, Gabriel e João Afonso foram os jogadores que obtiveram melhor aproveitamento neste fundamento. Só haverá decisão de pênaltis caso o 1 a 1 se repita em Curitiba.

Divulgação/Internacional
Em grande fase, D' Alessandro liderará o Internacional em busca da classificação na Copa do Brasil

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X INTERNACIONAL

Local: Estádio Durival Britto e Silva, Curitiba (PR)
Data: 23 de outubro de 2013, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Assistentes:Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Rodrigo F Henrique Correa (Fifa-RJ)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Maranhão; Deivid, Zezinho, Éverton e Paulo Baier; Marcelo e Ederson
Técnico:Vagner Mancini

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Jackson, Juan e Kleber; João Afonso, Willians, Jorge Henrique, D’Alessandro e Otávio; Leandro Damião
Técnico: Clemer

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade