Futebol/Brasileiro Série B - ( )

Gêninho lamenta erros, mas destaca a permanência do Sport no G-4

Florianopolis (SC)

Após ver a sequência de três vitórias consecutivas do Sport ser interrompida, o técnico Geninho lamentou, mas tentou minimizar a derrota para o Avaí, nesta terça-feira. De acordo com o treinador, o importante é o fato de o time não ter saído do G-4 da Série B do Brasileiro, mesmo com o revés de 1 a 0.

“A Série B tem um ‘perde e ganha’ muito grande. Em uma partida que você acha que vai vencer, acaba perdendo. Por isso, quero estar no G-4 quando o campeonato acabar. Isso é o que importa”, analisou, antes de prever que Palmeiras e Chapecoense, líderes, vão disparar nesta reta final.

Depois do resultado na Ressacada, Geninho tentou explicar: segundo ele, os seus comandados voltarão a cometer os mesmos erros de antigamente, quando a equipe estava apenas na zona intermediária da classificação. “Não estivemos no mesmo nível dos jogos anteriores”.

Sem definir se o resultado fora de casa foi justo ou não, o comandante rubro-negro já começou a se preparar para o duelo deste sábado, contra o Oeste, em Itápolis (SP). Em caso de nova derrota nesta 29ª rodada, é provável que o Leão da Ilha deixe o grupo dos quatro melhores do torneio nacional.

Para este compromisso, Geninho já sabe que terá dois desfalques de última hora. O zagueiro Toby, que chegou a desmaiar após dividida com o próprio goleiro Magrão, foi vetado pelo departamento médico leonino. Já o centroavante Nunes foi expulso minutos depois de ter entrado em campo.

No entanto, Geninho poderá voltar a contar com o defensor Gabriel, que retorna de suspensão automática. Para a vaga deixada por Nunes na relação, Geninho escolheu Diego Maurício. A concentração do Sport será em Araraquara, no interior paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade