Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Gilberto vira dúvida para Guto Ferreira, que segue sem Ferdinando

Bruno Grossi, especial para a GE.net São Paulo (SP)

A derrota para o Goiás no Canindé por 2 a 1 parece não ter abalado o moral da Portuguesa no Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira o grupo se reapresentou no CT do Parque Ecológico em clima leve, mas com duas notícias preocupantes para Guto Ferreira. Isso porque Ferdinando segue sob cuidados médicos, agora acompanhado por Gilberto.

O volante desfalcou a equipe diante do Esmeraldino na última quinta-feira e deu lugar a Correa na cabeça da área. Sem conseguir se livrar da lesão, o marcador seguirá de fora, mas ainda não tem substituto definido para o duelo com o Atlético-PR. No jogo de domingo, às 18h30 (de Brasília), Correa briga com Willian Arão para entrar em campo.

Já o artilheiro Gilberto reclamou de dores musculares após a derrota pela 27ª rodada da Série A e tem presença incerta no confronto. O centroavante vinha sendo sacado por Guto Ferreira na reta final das partidas para diminuir o desgaste físico, mas contra o Goiás permaneceu em campo durante os 90 minutos. Os candidatos à vaga são Wanderson e Henrique.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Guto Ferreira procura substitutos para Ferdinando e Gilberto para não deixar o nível do time cair
Para Guto Ferreira, as lesões podem ser explicadas pelo excesso de jogos na temporada e são responsáveis pela queda de rendimento das equipes na competição. O treinador ainda aproveitou para reclamar das críticas feitas ao nível dos times na Série A e afirmou que apenas o Cruzeiro possui elenco suficientemente grande para suportar a oscilação.

“Dizer que está nivelado por baixo é clichê covarde, é discurso saudosista. As equipes estão produzindo bastante pelo pouco tempo para descansar e trabalhar. Em vez de dizerem que está por baixo, teriam que analisar porque que está assim. Ou vai dizer que o Goiás é ruim? Mas quantos jogos eles conseguem repetir? Pegamos um calendário que não permite manter o nível. Só não sofre quem tem reposição”, analisou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade