Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Heróico, ABC vence Joinville com dois a menos e pênalti defendido

Joinville (SC)

De maneira heróica, o ABC venceu o Joinville por 2 a 1 e segue em plena recuperação na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, a equipe do Rio Grande do Norte teve que defender um pênalti e superar a expulsão de dois jogadores para deixar a Arena Joinville com um resultado favorável e seguir fora da zona de rebaixamento para a terceira divisão.

Rodrigo Silva abriu o placar para os visitantes no último minuto do primeiro tempo. O JEC empatou aos 30 da segunda etapa, com Sandro, mas Edson deu números finais a partida três minutos mais tarde.

O grande destaque da partida, porém, foi o goleiro Wilson Júnior. Além de defender um pênalti de Marcelo Costa na metade da etapa inicial, foi ele o responsável por manter o ABC à frente do placar quando o Mais Querido passou a jogar em desvantagem numérica. 

Com o resultado, a equipe potiguar soma a quinta vitória consecutiva e chega aos 32 pontos. Na 15ª colocação, esta é apenas a segunda rodada que o time dorme fora da zona de rebaixamento. No caminho inverso, o Joinville acumula seis jogos sem vitória e segue despencando na tabela. Antes figura frequente no G-4, o Tricolor é apenas o nono colocado, com 43 pontos – três a menos que o Sport, primeiro time dentro da zona de acesso.

Arte GE.Net
Na próxima sexta, o JEC tenta a recuperação contra o Icasa, novamente em Santa Catarina. Já o ABC visita o Paysandu apenas na próxima terça-feira.

O jogo – O início truncado deu a impressão de que a partida seria ruim na Arena Joinville. Tudo isso mudou aos 20 minutos, quando Flávio Boaventura tentou afastar o perigo da área do ABC e acertou a cabeça de Edu. Na cobrança, Marcelo Costa mandou no meio do gol e Wilson Júnior defendeu com os pés.

A partir daí, as duas equipes passaram a criar mais chances. As raras finalizações, no entanto, saíam sem direção. No último minuto da etapa inicial, Rodrigo Silva aproveitou erro de Eduardo e finalmente tirou o zero do placar em Santa Catarina.

Precisando da vitória para acabar com a crise e voltar a brigar por um lugar no G-4, o Joinville voltou do intervalo com uma formação mais ofensiva. No lugar do lateral Eduardo e do atacante Edu, que pouco fez nos primeiros 45 minutos, o técnico Ricardo Drubscky colocou os avantes Kim e Edigar Júnio.

A estratégia deu certo. Logo aos 4 minutos, Kim cabeceou bem e Wilson Júnior defendeu em dois tempos. Esta seria apenas a primeira defesa do goleiro, que salvou o ABC em mais quatro oportunidades nos primeiros 15 minutos da etapa final.

Quando ele estava batido, Edigar Júnio ajudou e desperdiçou chance na pequena área por cima do gol. No lance seguinte, Lima chegou a mandar para as redes, mas o assistente marcou impedimento do atacante tricolor.

Aos 23, Flávio Boaventura tomou o segundo cartão amarelo e deixou o ABC com um jogador a menos. Aproveitando a vantagem numérica, o Joinville partiu ainda mais para o ataque e finalmente conseguiu o empate. Aos 30, Naldo cruzou e Sandro cabeceou firme para empatar.

Quando a torcida ainda comemorava nas arquibancadas, Edson fez linda jogada, invadiu a área e, quase sem ângulo, encobriu o goleiro Ivan para colocar o ABC novamente à frente.

Para dar tons ainda mais dramáticos à partida, Michel cometeu falta dura apenas sete minutos após entrar em campo e recebeu o cartão vermelho direto, deixando o Mais Querido com dois jogadores a menos.

Empurrado por sua torcida, o Joinville voltou a partir para cima. Nervoso, porém, o time parou na barreira formada na área do ABC e não conseguiu reverter o resultado negativo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade