Futebol/Bastidores - ( )

Ídolo do Figueirense, Jaime Casagrande falece aos 64 anos

Florianopolis (SC)

O Figueirense perdeu um dos maiores ídolos de toda a sua história na manhã desta terça-feira. Aos 64 anos de idade, Jaime Casagrande, ex-lateral-esquerdo e zagueiro do time entre os anos de 1973 a 1982, faleceu após sofrer uma endocardite bacteriana, inflamação cardíaca que comprometeu órgãos.

Casão, como era conhecido no clube, estava internado no Hospital Regional de São José há 30 dias, mas não resistiu. O enterro será em Siderópolis, no interior de Santa Catarina, onde ele viveu durante a infância. Através de uma nota no site oficial, o Figueirense lamentou o fato.

“Jaime Casagrande escreveu uma história marcante no clube do seu coração; Casão, como era conhecido, parte e deixa um vazio do tamanho do seu carisma para a nação alvinegra; Porém, o que fica é a boa lembrança; O clube lamenta muito o falecimento do ex-jogador e deseja força para a família”.

Mesmo quando deixou o Orlando Scarpelli, Casagrande continuou fazendo parte do clube, revelando atletas para as categorias de base. André Santos, atualmente no Flamengo, é apenas um deles. O ídolo também tinha ótima relação com boa parte dos dirigentes alvinegros.

Durante nove anos, Jaime Casagrande defendeu a equipe catarinense em 430 jogos, tornando-se o segundo que mais vestiu a camisa alvinegra na história. A versatilidade era uma das suas principais características, já que atuava como defensor e lateral-esquerdo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade