Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Ídolo do Real defende Neymar de fama de ‘cai-cai’ antes de clássico

Madri (Espanha)

Os clássicos entre Real Madrid e Barcelona nos últimos anos têm sido marcados pela reclamação dos merengues contra a arbitragem e a suposta simulação dos jogadores catalães. Nesta quinta-feira, porém, o ídolo e dirigente Pedrag Mijatovic resolveu encerrar polêmica de maneira antecipada e defendeu Neymar da fama de ‘cai-cai’, adquirida já nos primeiros meses na Espanha.

Neste sábado, às 14 horas (de Brasília), o brasileiro entrará no gramado do Camp Nou para seu primeiro clássico com os madridistas, válido pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol, e já sob desconfiança. Parte da imprensa espanhola, principalmente a da capital, tem insistido na polêmica sobre as possíveis faltas forçadas pelo camisa 11.

De maneira surpreendente, Mijatovic saiu em defesa do craque: “Batem muito em Neymar, batem muito. Batem e fazem faltas porque é um grande jogador. Conduz muito bem a bola no mano a mano e a única forma de pará-lo é fazendo falta”, destacou o ex-atacante, campeão nacional, europeu e mundial pelo Real Madrid entre 1997 e 1998.

Atualmente ocupando o cargo de diretor geral de futebol do clube, o montenegrino também tentou encontrar uma resposta para tantas críticas a Neymar. “Talvez pelo porte físico e por toda a qualidade que tem, as pessoas muitas vezes têm a sensação de que se joga. Mas ele não se joga, os outros é que batem”, ressaltou.

Pela segunda rodada da Liga dos Campeões, o Barcelona visitou o Celtic na Escócia e teve de suar para superar a retranca dos mandantes e vencer por 1 a 0. Na ocasião, defesa britânica só foi desmontada quando Neymar arrancou pela esquerda e levou pontapé do meia Scott Brown, que recebeu cartão vermelho. Após o jogo, o técnico Neil Lennon disparou contra o brasileiro por ter causado a expulsão de seu capitão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade