Futebol/Eliminatórias Europeias - ( - Atualizado )

Inglaterra tenta vaga direta contra antigo carrasco em Eliminatórias

Londres (Inglaterra)

Líder do Grupo H das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo, a Inglaterra precisa de uma vitória na última partida diante da Polônia para não depender de outros resultados para garantir vaga direta. Nesta terça-feira, os ingleses recebem o adversário já eliminado no tradicional Estádio de Wembley, a partir das 16 horas (de Brasília).

Com 19 pontos, o English Team já tem lugar, pelo menos, na repescagem, e só pode ser ultrapassado pela Ucrânia, que vem logo atrás, com 18 pontos, e vive situação semelhante - Montenegro tem que tirar três pontos e um saldo de 12 gols para conseguir a vice-liderança.

Porém, o histórico contra poloneses em Eliminatórias não é dos melhores. Em 1973, precisando de uma vitória, a seleção do técnico campeão mundial Alf Ramsey empatou em casa e ficou de fora do Mundial do ano seguinte.

“Estamos prontos e em forma. História é importante quando você é o Churchill, mas quando se trata de esporte, eu acho que o que passou não tem nenhuma relevância. Cada jogo é um novo jogo e estamos focados no nosso trabalho e no adversário que temos pela frente”, declarou o técnico Roy Hodgson.

AFP
O técnico inglês Roy Hodgson afirmou que seu time está totalmente preparado para conseguir a vaga
Sem mais chances de se classificar – com 13 pontos -, a Polônia tem esperanças de se despedir com estilo de seus 18 mil torcedores que ajudarão a encher o estádio de Wembley nesta terça-feira.

“Sabemos que a vitória não vai nos fazer avançar, mas queremos, ao menos, garantir um pouco de diversão aos nossos torcedores”, disse o atacante Robert Lewandowski, destaque da seleção do leste europeu.

A Polônia tem apenas uma vitória fora de casa na competição, contra o lanterna San Marino, por 5 a 1, sendo a única equipe a tomar um gol dos san-marinenses.

Confira a classificação das Eliminatórias Europeias

Com tabela favorável, Ucrânia ‘só’ seca ingleses
A Ucrânia define sua classificação justamente contra San Marino, na casa do adversário, também às 16 horas (de Brasília). No primeiro turno, 9 a 0. Cumprindo sua obrigação de vencer, os ucranianos apenas torcem contra a Inglaterra para beliscarem um lugar direto na Copa de 2014.

Precisando de um milagre, Montenegro encara a Moldávia em casa, torcendo por San Marino e precisando de uma goleada histórica. O duelo também tem início às 16 horas (de Brasília).

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade