Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Italiano deixa o comando de San Marino após 15 anos e 82 derrotas

Cidade de San Marino (San Marino)

Pior seleção da Europa - e, ao lado de Butão e Ilha de Turcas e Caicos, última colocada no ranking da Fifa -, San Marino perdeu seu treinador nesta sexta-feira. O italiano Giampaolo Mazza, que estava no comando da equipe havia 15 anos, deixou a equipe, que, sob o seu comando, acumulou 82 derrotas, dois empates e uma única vitória.

Durante o período em que ficou à frente de San Marino, Mazza disputou oito competições oficiais. Em todas, o time terminou na última colocação. Ao todo, foram 76 jogos oficiais, com 75 derrotas e um empate – um 1 a 1 diante da Letônia, fora de casa, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002.

"Foi um empate épico, mas ilusório. Ainda era o começo para mim, e aquele ponto me fez pensar que tudo seria mais fácil, mas não foi bem assim. Lamento não termos vencido um jogo oficial, mas sinto orgulho por nunca termos usado um jogador naturalizado", declarou Mazza.

Tirando o empate diante dos letões, San Marino só deixou de perder outros dois jogos sob o comando do italiano, ambos amistosos contra Liechtenstein. Em 2003, empate por 2 a 2 fora de casa, na única partida em que San Marino fez mais de um gol. Um ano depois, os samarineses conquistaram sua primeira e única vitória: 1 a 0, com um gol marcado por Andy Selva, o maior artilheiro da história da seleção, com oito tentos.

AFP
O técnico italiano Giampaolo Mazza assumiu o comando da seleção de San Marino em 1998
Notória pelas sucessivas derrotas, a seleção de San Marino já deixou o campo goleada por mais de dois dígitos. Sob o comando de Mazza, isso aconteceu quatro vezes: 13 a 0 contra a Alemanha (2006), 11 a 0 contra a Holanda (2011), 10 a 0 contra a Polônia (2009) e 10 a 1 contra a Bélgica (2001).

A despedida de Mazza da seleção samarinesa aconteceu na última terça-feira, em partida válida pela última rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2014. Jogando em casa, San Marino perdeu por 8 a 0 para a Ucrânia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade