Futebol/Brasileiro Série A - ( - Atualizado )

Jayme destaca evolução e vê ‘receita’ para reencontro na Copa do Brasil

Rio de Janeiro (RJ)

Flamengo e Botafogo se enfrentaram pela penúltima vez em 2013 no último domingo, no Maracanã, em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileira. O Alvinegro venceu por 2 a 1, mas, apesar disto, o treinador flamenguista, Jayme de Almeida, mostrou-se satisfeito com o desempenho de sua equipe. A ponto de usar a partida deste fim de semana como um modelo a ser seguido no reencontro com o Botafogo, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no fim do mês.

“A Copa do Brasil é mata-mata. Temos condições de repetir um jogo desse nível. Foi uma partida bonita, vibrante dos dois lados. Podemos tentar repetir isso no dia 23 (de outubro) e, se o fizermos, será muito difícil ganhar da gente. Com a torcida do lado o time fica ainda mais forte”, afirmou.

Na partida do último domingo, o Flamengo abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo com Hernane. A partir daí, recuou demais e passou a apostar somente nos contra-ataques. O Botafogo, então, cresceu, chegou ao empate com Gegê no final da primeira etapa, e conseguiu a virada com Rafael Marques já no segundo tempo. O Rubro-Negro ainda pressionou nos últimos minutos, chegou a acertar uma bola na trave com Elias, e, não fosse algumas defesas de Renan, sairia de campo com um resultado melhor.

"Fiquei orgulhoso de ver o Flamengo na noite deste domingo. É uma derrota doída, porque nós merecíamos um resultado melhor. Com todo respeito ao Botafogo, acho que merecíamos sair daqui no mínimo com um empate”, declarou Jayme, antes de continuar: "Perder é uma sensação muito ruim, e perder da forma como perdemos é pior ainda. Se o Botafogo tivesse sido melhor, aceitaríamos com mais facilidade. Mas pressionamos e não marcamos”.

A derrota fez o Flamengo cair três posições na tabela do Campeonato Brasileiro. Agora no 10º posto, a cinco pontos da zona de rebaixamento e onze do grupo dos quatro primeiros colocados, o Rubro-Negro busca a reabilitação já nesta quarta-feira, no mesmo estádio do Maracanã, às 21h50 (de Brasília), diante do Bahia. O reencontro com o Botafogo, válido pela Copa do Brasil, por sua vez, acontece no próximo dia 23. O primeiro jogo acabou empatado por 1 a 1, e quem vencer a partida de volta garante vaga nas semifinais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade